Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Elías vai dar tudo apesar de não estar a 100%

Elías vai dar tudo apesar de não estar a 100%

O piloto da Gresini Racing Moto2 ainda sente dores da lesão na mão, mas espera estar competitivo em Jerez, local onde quer tirar partido do apoio caseiro dos fãs espanhóis.

A ressentir-se ainda das consequências físicas da sua queda no último Teste de pré-época em Jerez, Toni Elías regressa ao circuito andaluz pronto para dar tudo em busca de um bom resultado no Grande Prémio bwin de Espanha neste fim-de-semana.

Numa entrevista com o motogp.com, o piloto da Gresini Racing Moto2 falou da sua lesão e de como o seu pé direito está quase bom, mas ainda sente algumas dores devido ao dedo da mão esquerda que fracturou na queda no final de Março.

“É claro que o facto de não termos ido ao Japão nos beneficiou porque tive mais tempo para recuperar das lesões. Espero estar melhor que agora,” disse Elías. “O pé recuperou como esperado, mas ainda sinto dores na mão porque é uma zona muito delicada. Por isso, não vou para Jerez totalmente recuperado, estarei a cerca de 70%.”

“Felizmente, as características do circuito de Jerez não devem provocar muito desconforto porque não há mudanças de direcção rápidas, especialmente para a esquerda, que é o lado que mais me dói por ter de suportar tudo,” explicou. “Estou certo que os fãs vão fazer o resto e, apesar de não me encontrarem na melhor forma física, se tiver a oportunidade de lutar pela vitória farei o meu melhor.”

Elías conseguiu um impressionante quarto lugar na primeira corrida do ano no Qatar e agora espera melhorar em Jerez, especialmente depois dos tempos que assinou nos testes de pré-época com o seu protótipo Moriwaki e que se tornaram numa referência para a categoria.

“Olhando aos resultados conseguidos nos Testes de pré-época, devemos estar optimistas aqui. Vimos o nosso potencial e somos capazes de tudo. A única coisa que nos está a travar é a minha lesão, que não me permite rodar ao meu melhor nível. Espero que os fãs continuem a dar o seu apoio e ser capaz de lhes dar um bom resultado,” concluiu Elías, que está apostado em repetir o seu único pódio em todas as categorias no circuito, o da vitória de 2003 nas 250cc.

Tags:
Moto2, 2010, GRAN PREMIO bwin DE ESPAÑA, Toni Elias, Gresini Racing Moto2

Outras actualizações que o podem interessar ›