Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Ezpeleta: “A chave do sucesso é a paixão e entender o que funciona”

Ezpeleta: “A chave do sucesso é a paixão e entender o que funciona”

Numa conferência de imprensa na prestigiada instituição de ensino de economia de Barcelona, a IESE, o Director Executivo da Dorna Sports revê o desenvolvimento da empresa e do Campeonato do Mundo de MotoGP desde que a Dorna assumiu o controlo em1992.

Carmelo Ezpeleta sublinhou os pontos chave que marcaram a gestão do Campeonato do Mundo de MotoGP por parte da Dorna Sports desde 1992, ano em que a companhia assumiu o controlo dos direitos comerciais da competição.

“Desde que assumimos o controlo do Campeonato disputaram-se 281 Grandes Prémios. Um elemento essencial para mantermos o sucesso tem sido a paixão e a compreensão do que funciona. Só assim se podem desenvolver as coisas e inovar pelo caminho,” disse Ezpeleta.

Neste sentido Ezpeleta notou: “A FIM é a proprietária dos direitos e, acima de tudo, da história. Estamos juntos em todas as decisões e as mudanças são sempre feitas em consenso. O nosso compromisso com a FIM é o de organizar as corridas e garantir o máximo de cobertura televisiva. Para o conseguirmos aplicámos uma gestão integral dos direitos comerciais. Talvez pudéssemos ter mais retorno financeiro negociando os direitos individualmente, mas pensamos que assim é muito melhor.”

No que toca à organização das corridas, Ezpeleta enfatizou os dois aspectos da segurança e implementação a nível mundial. No que toca ao primeiro ponto ele explicou que em todas as sextas-feiras de Grandes Prémios há uma reunião da Comissão de Segurança com a participação dos pilotos.

“Desde que a Comissão começou os seus contributos levaram os circuitos a investirem 75 milhões de euros em melhoramentos de segurança,” disse antes de comentar a introdução do Campeonato do Mundo em mais mercados. “O problema é que há algumas zonas do mundo onde não podemos correr porque não há circuitos homologados. De todas as formas, agora e nos próximos anos teremos 18 corridas.”

A cobertura do Campeonato do Mundo também tem vindo a crescer e em 2009 foram 207 os países que transmitiram as provas em directo, resultando em 5.257 horas de televisão. E há ainda 2,3 milhões de espectadores nos circuitos e mais de 47 milhões de visitas registadas no site oficial motogp.com.

Outro dos pontos destacados pelo Director Executivo da Dorna no que toca à gestão do Campeonato do Mundo foi a atenção a: “Manter um contacto fluído com o Paddock, o que nos permite detectar problemas e em que pontos é que podemos trabalhar em conjunto para encontrarmos soluções. Os pilotos e equipas são a fundação do Campeonato e temos de ouvi-los e apoiá-los. Quando começámos os prémios atribuídos às categorias eram de 350.000 dólares. Agora distribuímos mais de 50 milhões de euros, incluindo prémios e apoio directo a algumas equipas,” concluiu Ezpeleta.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO bwin DE ESPAÑA

Outras actualizações que o podem interessar ›