Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner e Hayden com confiança em alta

Stoner e Hayden com confiança em alta

Os pilotos da Ducati Marlboro ficaram ambos muito contentes com a forma como correu FP1 no Grande Prémio bwin de Espanha em que assinaram os primeiro e terceiro tempos, respectivamente.

Casey Stoner e Nicky Hayden ficaram contentes com a primeira sessão de treinos em Jerez, com ambos a elogiarem as suas Desmosedici GP10.

Para Stoner o GP representa a primeira oportunidade de somar pontos no Campeonato depois de ter caído no Qatar e, enquanto busca a primeira vitória no traçado espanhol, revelou-se muito optimista depois de ter assinado um tempo de 1m39,731s, que lhe valeu a liderança da tabela de tempos de FP1.

“Sinto-me mais confiante que nunca neste circuito. Desde as primeiras voltas com a moto que vi que as coisas estavam diferentes dos outros anos e a moto pareceu muito melhor que nunca,” disse. “As sensações são muito boas, a traseira está muito mais calma, não anda pela pista toda, e esteve tudo muito bem. Vão estar todos prontos para um grande luta neste fim-de-semana e penso que vai ser a minha primeira oportunidade de lutar ou, talvez, vencer aqui.”

Nem mesmo uma ida ao chão a dois minutos do final da sessão deixou Stoner aborrecido e ele chegou mesmo a tirar pontos positivos do contratempo.

“Não tenho a certeza (do que aconteceu),” disse Stoner quando questionado sobre a queda na Curva 9. “Na volta anterior entrei na curva um pouco rápido demais, por isso pensei em acalmar na volta seguinte e voltou a acontecer quase o mesmo que no Qatar. Não tive peso suficiente na frente, por isso penso que estamos a ter algumas indicações erradas da moto face ao que temos de fazer com ela. Penso, na verdade, que foi bom isto ter acontecido porque agora temos a mesma situação a verificar-se duas vezes, o que nos dá uma indicação muito melhor do que temos de fazer para resolver o problema amanhã. Até agora estamos muito contentes com a nossa situação.”

Hayden está apostado ir melhorar a soberba prestação do Qatar, onde foi quarto na corrida, e o terceiro tempo do dia em Jerez deixou o americano também muito contente depois de ter terminado a 0,417s do companheiro de equipa.

“A sessão correu bem e estou mesmo muito contente neste momento porque isto é importante para nós,” comentou. “Fui rápido na Malásia e no Qatar, mas isso foi depois de muito tempo de testes nessas pistas, depois de experimentar diferentes afinações, mas aqui fomos rápidos desde o início, o que era um dos meus objectivos para a sessão – estar no ritmo às sextas. Não fomos os melhores nem batemos nenhum recorde da pistas, por isso não estamos demasiado entusiasmados, mas a moto está quase lá e se a conseguirmos melhorar um pouco nas curvas rápidas devemos ter um bom conjunto.”

Hayden acrescentou: “A equipa fez uma pequena alteração hoje que ajudou muito e na minha última ida para a pista consegui rodar no segundo 40 desde a primeira volta à última. É um bom início e se continuarmos a trabalhar assim podemos ter um bom fim-de-semana.”

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO bwin DE ESPAÑA, Casey Stoner, Nicky Hayden, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›