Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa surpreso com pole

Pedrosa surpreso com pole

O piloto da Repsol Honda vai partir da frente em Jerez na corrida de domingo e, apesar de muito contente por ter agradado aos fãs caseiros, vai concentrar em mais melhoramentos na RC212V de fábrica.

Uma boa prestação por parte de Dani Pedrosa na tarde de sábado serviu para o piloto da Repsol Honda garantir a pole position para o Grande Prémio bwin de Espanha de MotoGP de domingo e para deixar a multidão da casa ao rubro em Jerez.

Mantendo os pés bem assentes na terra em relação à sua segunda pole no traçado na categoria rainha, nem mesmo os 0,285s de margem sobre o rival mais próximo, Jorge Lorenzo, foi o bastante para se deixar levar pelo resultado da qualificação.

“É sempre bom conseguir a pole, especialmente aqui porque é a minha corrida caseira e o apoio dos fãs é impressionante, pelo que estou muito contente por eles,” disse Pedrosa. “Para ser franco, não esperava esta pole, mas dei o máximo, pelo que estou muito contente com ela.”

Mas mais importante para o piloto espanhol é conseguir tirar ainda mais da sua RC212V de fábrica, que mostra já bons sinais de progresso como se comprovou pela sua pole. Pedrosa está contente com a resposta do chassis, mas acredita que ainda há muito mais trabalho a ser feito.

Ele continuou: “Na verdade, (a pole) não é muito significante para mim porque o importante é a prestação na corrida e ainda temos de trabalhar muito nesta área. O novo quadro está melhor, mais ainda não está no ponto que queremos e temos de continuar a trabalhar na estabilidade porque é muito importante para estar competitivo ao longo de toda a corrida. Os nossos rivais também estão a mostrar muito potencial, pelo que não podemos descansar porque vamos ter uma corrida longa e dura.”

“É claro que vamos começar a corrida a pensar em ganhar e sei que vou ter muitos fãs a apoiarem-me, por isso espero poder dar-lhe algo especial,” concluiu.

Do outro lado da box da Repsol Honda, Andrea Dovizioso sentiu que perdeu a oportunidade de se qualificar na segunda linha da grelha depois de se ter qualificado em nono. Ele vai dar o máximo para dar continuidade ao muito positivo pódio que garantiu no Qatar no início da época.

“Creio que podia ter terminado na segunda linha hoje, pelo que estou algo desapontado com o resultado desta tarde; pode ser muito importante começar a corrida das duas primeiras linhas da grelha,” disse. “Ao partir da terceira linha torna-se muito importante largar bem e ficar com os pilotos da frente porque essa é a chave para uma boa corrida – como se viu no Qatar.”

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO bwin DE ESPAÑA, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›