Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Aspar Team usar chassis Suter a partir de Le Mans

A equipa de Moto2 diz que o chassis RSV é “competitivo”, mas critica a “falta de tempo para desenvolvimentos”.

A Mapfre Aspar Team decidiu mudar do fabricante italiano RSV para a suíça Suter no que toca a fornecedor de chassis, algo que entrará em feito já a partir da próxima ronda do calendário, em Le Mans.

A equipa espanhola lutou pela pole com a RSV nas primeiras duas rondas da época com o piloto Julián Simón, mas a falta de tempo para testes de desenvolvimento da moto foi factor decisivo para a mudança para Suter.

“A RSV é uma moto competitiva, mas a Mapfre Aspar Team tem dois Campeões do Mundo na sua box e eles não podem passar o tempo a desenvolver a máquina durante a época,” explicou o patrão da equipa Jorge Martínez ‘Aspar’.

“Os patrocinadores e a equipa em si exigem uma luta pela vitória desde o início e por isso decidimos mudar para a Suter, que tem já apresentado bons níveis de sucesso e lidera neste momento a classificação de Moto2. Cremos que é a decisão certa para nós que queremos lutar pelo título, já a partir da próxima corrida. A relação com a RSV é excelente, mas temos a responsabilidade de fazer tudo o que podemos para termos o material mais competitivo possível e, por esse motivo, optámos por fazer já a mudança”

Os pilotos Simón e Mike di Meglio vão começar a usar o chassis Suter a partir da próxima jornada, o Monster Energy Grande Prémio de França de 21 a 23 de Maio. A dupla vai rodar com a moto suíça num ensaio em Albacete na quinta-feira (13 de Maio) em preparação para a terceira jornada da época 2010.

Tags:
Moto2, 2010, Mike Di Meglio, Julian Simon, Mapfre Aspar Team

Outras actualizações que o podem interessar ›