Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi e Lorenzo satisfeitos

Rossi e Lorenzo satisfeitos

Os pilotos da Fiat Yamaha ficaram satisfeitos com a primeira sessão de treinos em Le Mans, com Rossi a assegurar a volta mais rápida e Lorenzo a fixar o terceiro melhor tempo.

Valentino Rossi viu os resultados do trabalho realizado na sua M1 quando fixou o melhor tempo da primeira sessão de treinos do Monster Energy Grande Prémio de França, na sexta-feira à tarde.

O italiano e a equipa da Fiat Yamaha introduziram melhorias significativas na mota durante o Teste de Jerez, quase há três semanas, e os resultados foram evidentes em Le Mans, com uma volta em 1m34,402 a colocá-lo no topo da tabela de tempos na primeira sessão de treinos desta terceira ronda da temporada.

"Estou muito contente com a sessão e especialmente com a minha última volta, que foi a mais rápida”, disse Rossi, que assinou o melhor tempo da sessão na 28ª e última volta que realizou. “Durante o Teste depois de Jerez percebemos os problemas que tínhamos e conseguimos melhorar muito. É bom estar já tão rapido”.

Apesar do resultado, Rossi ainda sentiu dores no ombro, mas espera que durante o fim-de-semana tudo melhore.

“Infelizmente, ainda senti algumas dores no ombro em duas ou três zonas de travagem forte, mas espero que com a adrenalina de amanhã e de domingo as coisas melhorem e que não tenha problemas”, afirmou o Campeão do Mundo. “A nossa mota costuma ser muito boa aqui e senti-me muito bem, especialmente nas zonas de curvas, por isso espero que seja um bom fim-de-semana".

O companheiro de equipa de Rossi e que actualmente lidera o Campeonato, Jorge Lorenzo, teve alguns problemas de electrónica no início da sessão, mas depois de trocar de mota conseguiu encontrar um bom ritmo, acabando por terminar com o terceiro melhor tempo, a 0,140s da marca do italiano.

"No início da sessão estávamos com alguns problema electrónicos, mas depois mudámos para outra mota e, a partir daí, tudo correu bem”, referiu Lorenzo, que venceu a corrida do ano passado no circuito francês. “Pouco a pouco, encontrei o ritmo certo e no final já consegui fazer bastantes voltas a 1m34s”.

A concluir, Lorenzo acrescentou ainda: “A minha mota está a responder bem aqui, todos dizem que é sempre uma boa pista para a Yamaha e, apesar de ainda estarmos a trabalhar na aceleração, sinto-me bem”.

Tags:
MotoGP, 2010, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›