Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Sétima ‘dobradinha’ na qualificação para a Fiat Yamaha na era Rossi-Lorenzo

Sétima ‘dobradinha’ na qualificação para a Fiat Yamaha na era Rossi-Lorenzo

A equipa e os dois pilotos estavam radiantes depois de terem garantido as duas primeiras posições da grelha para a corrida de domingo em Le Mans.

O Monster Energy Grande Prémio de França irá começar com Valentino Rossi e Jorge Lorenzo a ocupar as duas primeiras posições da grelha, depois de uma forte sessão de qualificação em Le Mans. Será a sétima vez que os dois pilotos da mesma equipa vão ocupar os lugares da frente lado a lado.

Nas seis ocasiões que Valentino e Rossi conseguiram ficar os dois nas primeiras posições, em três a pole ficou para o italiano e em outras três para o espanhol. O Campeão do Mundo conquistou hoje também a 59ª pole da carreira, com uma volta em 1m33,408, debaixo do sol que brilhou esta tarde no circuito francês.

"Este tempo faz-me muito feliz, porque pela primeira vez em Le Mans fomos capazes de aproveitar as sessões de treinos e qualificação como deve de ser, e agora estou na pole”, disse um sorridente Valentino Rossi, que conseguiu, assim, a primeira pole da temporada de 2010.

“A afinação está boa, sinto-me confortável na minha M1 e com os pneus Bridgestone e o meu ritmo de corrida também não está mau, por isso tudo está a funcionar. É muito bom estar na pole e quando vi o tempo que fiz fiquei muito contente com a minha prestação e com a forma como trabalhámos, por isso, obrigado a toda a minha equipa”.

O único problema para Rossi foi o seu ombro, que ainda o está a incomodar. Mas, o piloto de 31 está confiante, porque pensa que a adrenalina do dia da corrida resolverá as coisas.

“Ainda estou preocupado com o meu ombro, porque hoje ao fim de 10 ou 15 voltas comecei a perder força, mas espero que a adrenalina da corrida resolva o problema e que consiga estar rápido até ao final”, acrescentou.

Lorenzo também foi bastante rápido durante toda a sessão, chegando mesmo a dado momento a liderar a frenética qualificação, com o tempo da melhor volta a ser batido por vários pilotos. O espanhol também ficou satisfeito com os resultados desta tarde.

"Esta foi outra boa sessão e estivemos muito fortes, apesar de outros pilotos também estarem rápidos e com um bom ritmo”, disse o líder do Campeonato. “Hoje fui consistente e consegui facilmente rodar a 1m35,5s, por isso se conseguir fazer o mesmo durante a corrida tenho boas hipóteses”.

Com os olhos na repetição da vitória em Le Mans do ano passado, o piloto acrescentou: “Preciso de ter um bom arranque amanhã e ser forte nas primeiras voltas, assim acho que posso lutar pela vitória”.

Tags:
MotoGP, 2010, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›