Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Barberá foi melhor estreante e terminou nos dez primeiros em Le Mans

Barberá foi melhor estreante e terminou nos dez primeiros em Le Mans

O piloto da Páginas Amarillas Aspar teve fim-de-semana muito produtivo no circuito francês ao terminar em oitavo na corrida e ao ser o melhor estreante.

O Monster Energy Grande Prémio de França de Héctor Barberá terminou com magnífico prémio para o espanhol, que escalou de 15º para terminar com um impressionante 8º posto.

O resultado fez do piloto da Páginas Amarillas Aspar o melhor estreante da corrida e mostrou determinação e vontade. Barberá não fez das melhores partidas, mas foi recuperando de forma gradual para chegar a décimo a meio da corrida e nem mesmo a luta com Hiroshi Aoyama o arredou dos oito primeiros.

"Estou muito contente e penso que o Teste pós Grande Prémio de Jerez foi muito importante para nós,” disse Barberá depois de ter garantido o seu melhor resultado na categoria rainha até ao momento. “Encontrámos alguns ajustes que funcionaram muito bem. A esquipa trabalhou muito bem este fim-de-semana; isto apesar de termos perdido um pouco o Norte, tivemos uma moto muito boa para a corrida. Estava em penúltimo na grelha e estava a pensar que só podia ser ultrapassado por um piloto, pelo que não tinha nada a perder. Com esta ideia em mente o objectivo era desfrutar da corrida – algo que não tinha ainda sido capaz de fazer.”

Ele continuou: “Descobri muito cedo que as esquerdas eram difíceis para mim porque os pneus não têm muito tempo para aquecerem desse lado. Comecei a ganhar confiança com o passar das voltas, apesar de ter perdido algumas posições quando me desentendi com o Aoyama. Depois fiz outra recuperação até oitavo.”

Barberá, o segundo piloto Ducati a cruzar a meta depois de Nicky Hayden, está agora em décimo no campeonato, apenas a um ponto do também estreante Marco Simoncelli, o que deixa antever animada disputa entre os novatos.

“Estou consciente que o meu excesso de confiança nas duas primeiras corridas não me deixou apresentar bons resultados, mas o objectivo para esta corrida era não perder o contacto com o grupo que está à minha frente. Consegui isso e é por esse motivo que estou contente,” concluiu.

Tags:
MotoGP, 2010, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, Hector Barbera, Paginas Amarillas Aspar

Outras actualizações que o podem interessar ›