Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso muito feliz com segundo pódio da temporada

Dovizioso muito feliz com segundo pódio da temporada

O italiano sente que o terceiro lugar em Le Mans reforça o seu potencial para a época, provando que pode lutar de forma consistente por terminar entre os três primeiros.

Andrea Dovizioso estava muito contente com a terceira posição no Monster Energy Grande Prémio de França no domingo, um resultado que ele acredita que prova que o pódio que conquistou na corrida inaugural no Qatar não foi um acaso.

O terceiro lugar em Le Mans leva o italiano ao terceiro posto na classificação do Campeonato, dois pontos acima do seu companheiro na equipa da Repsol Honda, Dani Pedrosa, com quem lutou por um lugar no pódio na corrida.

“Estou muito feliz por ter chegado ao pódio aqui. Era muito importante porque queria confirmar que o resultado no Qatar não tinha sido um acaso. Melhorámos muito durante o Inverno, por isso isto representa outro importante passo em frente”, disse Dovizioso, que falhou o pódio na pista francesa a época passada, depois de ter sido batido por Pedrosa.

“Queria um bom resultado para a equipa, por isso agradeço-lhes e também porque no ano passado o Dani tinha uma diferença de 10 segundos para mim e na última volta conseguiu ultrapassar-me. Também estou muito satisfeito por chegar a Mugello em terceiro no Campeonato”.

Dovizioso teve de esperar pela altura certa para ultrapassar o seu companheiro de equipa mas, acabou por conseguir passar o espanhol na última volta, assegurando uma presença no pódio. O seu resultado foi tanto mais impressionante, pois partiu da sétima posição da grelha.

“Foi uma corrida dura”, admitiu. “No início arrisquei muito para recuperar, já que tinha partido da terceira fila da grelha. Quando apanhei o Dani foi difícil passá-lo e sabia que o Nicky (Hayden) estava muito perto, por isso tive de encontrar uma solução. Esperei quatro voltas, pensei numa estratégia e apenas passei na última volta, na curva que planeie”.

“´É um bom arranque de temporada, trabalhámos muito durante o Inverno e a Honda continua a trabalhar muito. Estamos próximos dos líderes, apesar que ainda não estarmos suficientemente perto para lutar pelas vitórias. Vamos bem para Mugello, com muita confiança, até porque essa é uma corrida especial para mim”, sublinhou Dovizioso.

Tags:
MotoGP, 2010, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, Andrea Dovizioso, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›