Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Edwards: “Não perdemos potência no motor”

Edwards: “Não perdemos potência no motor”

Com a introdução da regra de seis motores por piloto no MotoGP a partir de 2010 o homem Monster Yamaha Tech3 tece os seus comentários sobre a forma como isso o afectou nas três primeiras corridas do ano e fala ainda de Mugello.

Sendo um dos mais experientes pilotos do paddock do MotoGP, o ponto de vista de Colin Edwards sobre a alteração de regulamentos tem por base muito saber feito e o piloto da Monster Yamaha Tech3 rider – actualmente na oitava época no Campeonato do Mundo – falou de como a regra de motores deste ano tem influenciado a temporada até ao momento.

“Estamos sempre a mudar e trocar e a tentar fazer o mínimo de quilómetros possível em todos os motores,” disse o americano consciente que todas as equipas de MotoGP estão a tentar gerir da melhor forma o limite de seis motores por piloto para as 18 corridas do ano. “Os motores estão mais fiáveis e rápidos e penso que isso é bom, não sinto que tenha havido perdido potência, pelo menos até agora.”

Edwards já usou dois dos seus motores até ao momento; o primeiro motor foi usado nas corridas de Losail e Le Mans e o número dois na corrida de Jerez. “Estamos contentes com o motor, parece que estamos todos no mesmo barco, pelo que temos de nos adaptar. Estamos apenas na terceira corrida, por isso perguntem-me dentro de 14 ou 15 jornadas e aí veremos,” acrescentou.

Também abordado pelo piloto de 36 anos neste vídeo do motogp.com foi o conjunto electrónico da M1-YZR. A equipa da Tech3 está constantemente a trabalhar com o objectivo de melhorar a afinação da máquina de Edwards e espera sentir os benefícios muito em breve.

“Não sei o que a Yamaha quer que eu diga, mas é claro que estão sempre a trabalhar para tentarem melhorar a electrónica,” disse. “Temos um bom acerto que sabemos que funciona, mas estamos sempre a tentar melhorar e penso que ainda temos algumas coisas que temos de testar antes de começarmos a correr com coisas novas.”

Se essas actualizações vão, ou não, estar prontas para a quarta jornada em Mugello ainda não se sabe. Mesmo assim, Edwards está desejoso pelo Grande Prémio de Itália TIM, corrida em que no ano passado foi sexto depois de ter começado no molhado e terminado no seco.

“Tivemos uma boa corrida bandeira-a-bandeira em Itália no ano passado. Estávamos em 12º e terminámos em sexto,” disse Edwards. “Se estivesse totalmente seco este ano seria muito bom! Nunca estive no pódio em Mugello, pelo que era fantástico consegui-lo este ano.”

Tags:
MotoGP, 2010, Colin Edwards, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›