Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Preziosi: “A parte mais importante da mota é o piloto”

Preziosi: “A parte mais importante da mota é o piloto”

Uma entrevista exclusiva do motogp.com o perito da Ducati Desmosedici fala sobre a evolução técnica da mota italiana.

Numa longa entrevista com o motogp.com, o Director Geral da Ducati Corse, Filippo Preziosi, fala sobre a fábrica italiana de MotoGP e explica como a equipa conseguiu trabalhar a configuração do motor da Desmosedici sem estar sujeita a nenhuma directiva de marketing da companhia.

“Correr envolve desenvolvimentos técnicos e, nessa matéria, nunca tivemos nenhuma restrição. Devemos ser agressivos na abordagem e tentar sempre encontrar novos caminhos. Somos uma companhia pequena e esta é a única forma de enfrentar os gigantes japoneses”, disse Preziosi.

Antes do Grande Prémio de Itália TIM, Preziosi recordou de forma detalhada a história da Ducati no MotoGP, desde a criação da Desmosedici em 2002, até à introdução do controle de tracção, a mudança para os motores de 800cc e o título de Stoner no Campeonato do Mundo.

Falando sobre uma das inovações técnicas da fábrica, a introdução de um chassis e de um braço oscilante de fibra de carbono, Preziosi comentou: “a coisa mais importante é a forma como funciona e o facto de ter um design eficiente e não o material em si”.

Prezioso acrescentou ainda, deixando uma nota especial para a equipa de pilotos: “neste mundo de mega tecnologia, o melhor elemento que podemos colocar na mota é o piloto. Nada dá mais informação. No MotoGP precisamos de um piloto que não seja apenas o mais rápido, mas também o mais inteligente”.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›