Compra de bilhetes
VideoPass purchase

De Angelis impôs ritmo na primeira sessão

De Angelis impôs ritmo na primeira sessão

O piloto da RSM Team Scot assumiu o controlo da primeira sessão de livres de Moto2 no Gran Premio d’Italia TIM ao assinar o melhor tempo com pouco mais de dois décimos de segundo de vantagem sobre Sergio Gadea.

Alex de Angelis (RSM Team Scot) levou o seu protótipo Force GP210 ao topo da tabela de tempos em Mugello na primeira hora de treinos livres do Gran Premio d’Italia TIM, com um crono de 1m56,422s mantendo-se claramente na frente na segunda metade da sessão. De Angelis assinou o registo na 13ª das 22 voltas que efectuou ao traçado e ficou com 0,217s de margem sobre o segundo melhor, Sergio Gadea.

O piloto da Tenerife 40 Pons, Gadea, chegou a essa posição com um tempo de 1m56,639s na sua penúltima volta, 0,076s mais rápido que que Julián Simón (Mapfre Aspar) cujo melhor esforço surgiu na última volta ao traçado italiano. Andrea Iannone (Fimmco Speed Up) fez com que fossem quatro os fabricantes de chassis diferentes nas quatro primeiras posições ao ficar a menos de dois décimos de Simón.

Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing), Jules Cluzel (Forward Racing), Yuki Takahashi (Tech3 Racing) e Shoya Tomizawa (Technomag-CIP) – actual segundo no Campeoanto – ficaram muito próximos da quinta à oitava posição, enquanto Mike di Meglio (Mapfre Aspar) e Gabor Talmacsi (Fimmco Speed Up) completaram o Top 10 separados por apenas 0,918s.

O actual líder do Campeonato Toni Elías (Gresini Racing Moto2) foi 11º, a 1,032s de De Angelis. O britânico Scott Redding (Marc VDS Racing) terminou o treino em 19º.

A segunda sessão de treinos de Moto2 começa às 11h10 locais de sábado.

Tags:
Moto2, 2010, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, FP1

Outras actualizações que o podem interessar ›