Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi lidera depois de FP1 em Mugello

Rossi lidera depois de FP1 em Mugello

O Campeão do Mundo foi o único piloto a rodar abaixo do segundo 50 na primeira sessão de treinos livres de MotoGP do Gran Premio d’Italia TIM, um forte início por parte do italiano em casa. Jorge Lorenzo foi o segundo.

Valentino Rossi marcou o ritmo e avisou todo o pelotão de MotoGP ao assinar o melhor tempo da primeira sessão de treinos em Mugello. O italiano está em busca da oitava vitória na categoria rainha no seu traçado caseiro e bateu o companheiro de equipa e rival Jorge Lorenzo em quase quatro décimos de segundo.

Rossi e Lorenzo estabeleceram-se como os melhores da sessão desde o início e Rossi melhorou os cronos de forma constante. Nos últimos dez minutos o italiano consegui finalmente quebrar a barreira do segundo 50 ao rodar nuns impressionantes 1m49,751s.

Terminando o treino a 0,369s do companheiro de equipa na Fiat Yamaha, o líder do Campeonato Lorenzo foi o segundo melhor, com Loris Capirossi (Rizla Suzuki) a garantir o terceiro tempo a 0,608s do compatriota. Capirossi sofreu depois uma queda quando rodava a forte ritmo em San Donato, terminando o trabalho um ou dois mais cedo que o previsto.

Colin Edwards (Monster Yamaha Tech3) também teve uma boa primeira sessão ao assinar a quarta marca, a pouco mais de um segundo de Rossi, com Dani Pedrosa (Repsol Honda) a ser o melhor piloto Honda a apenas um milésimo de segundo de Edwards.

Ben Spies impressionou na sua estreia de MotoGP na pista ao registar o sexto tempo, apenas a pouco mais de dois décimos de segundo de Pedrosa. Casey Stoner, que vai tentar usar a vitória do ano passado como inspiração depois de difícil início de 2010, teve o pior início de trabalho possível ao sair de pista na Curva 15. O australiano teve de deitar a sua Desmosedici GP10 na gravilha para evitar colidir com o muro de protecção, ainda assim terminou os 60 minutos de treinos em sétimo depois de completar 15 voltas, o menor número de passagens pela meta de todo o pelotão.

Andrea Dovizioso (Repsol Honda), Nicky Hayden (Ducati Marlboro) e Héctor Barberá (Páginas Amarillas Aspar) terminaram todos nos dez primeiros, com o estreante a sofrer uma saída de pista nos momentos iniciais e pouco depois de Stoner, mas sem consequências.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, FP1

Outras actualizações que o podem interessar ›