Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi com espírito positivo depois de operação

Rossi com espírito positivo depois de operação

O italiano revelou-se grato para com o pessoal médico do hospital em que está a recuperar da operação a que foi submetido e agradeceu a todos os que lhe desejaram melhoras, chegando mesmo a encontrar tempo para brincar.

Valentino Rossi mostrou algumas das suas características de humo quando falou da sua cama no hospital Centro Traumatológico Ortopédico, em Florença, Itália, no domingo.

O Campeão do Mundo, que foi operado para reparar a fractura na tíbia direita no sábado, foi entrevistado pelo jornalista Guido Meda, da Mediaset, momentos antes do Gran Premio d’Italia TIM de domingo, em Mugello, a primeira corrida que falhou desde que se estreou no Campeonato do Mundo de 125cc em 1996.

As primeiras palavras de Rossi foram de gratidão para com o Dr. Buzzi do CTO, o homem que o operou com sucesso, e o nove vezes Campeão do Mundo explicou também o quão com sentido ficou com os vários tributos por parte dos demais pilotos no domingo e que chegaram a incluir uma mensagem do seu companheiro de equipa na Fiat Yamaha e rival Jorge Lorenzo, que o chamou de ‘lenda’.

“Quero agradecer a todos em Mugello e também aos pilotos que me desejaram as melhoras: é sempre muito bom,” disse Rossi. “A operação correu bem, o Dr. Buzzi foi excepcional e estão a tratar-me como se fosse da família. Inseriram-me um parafuso na perna e amanhã vão fechar e suturar a ferida, depois vamos esperar e começar o programa de reabilitação.”

Rossi recordou a queda dos treinos livres e que o cuspiu da moto. “Foram momentos difíceis porque foi uma queda feira e uma má lesão. Vi o acidente outra vez e ver a forma como o meu tornozelo estava não foi nada agradável. Houve alguns momentos de medo, mas agora estou bem,” disse.

“Agora posso dizer que a minha moral está razoavelmente alta porque descobri que me dou bem com a morfina!” brincou, antes de mostrar que está já no bom caminho para a recuperação ao comentar a corrida que foi ganha por Dani Pedrosa pouco depois. “Espero que ninguém ganhe!”

Rossi agora quer garantir que leva o tempo suficiente para recuperar e acrescentou: “Vou levar algum tempo, mas é importante regressar a 100%.”

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM

Outras actualizações que o podem interessar ›