Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi operado com sucesso em Florença

Rossi operado com sucesso em Florença

O Campeão do Mundo foi operado com sucesso à fractura na tíbia direita contraída numa queda nos treinos livres de sábado no Gran Premio d’Italia TIM em Mugello.

Valentino Rossi foi submetido a bem sucedida operação no Centro Traumatológico Ortopédico em Florença, Itália, na tarde de sábado para reparar a fractura na tíbia direita contraída na queda que sofreu na segunda sessão de treinos livres do Gran Premio d’Italia TIM.

Rossi foi cuspido da sua Fiat Yamaha M1 na Curva 13, com a temperatura dos pneus a ser apontada como a possível razão do acidente. O Dr. Roberto Buzzi, do CTO, foi o responsável pela cirurgia, com a assistência do Dr. Cláudio Costa, da Clínica Móvel. A intervenção decorreu como planeado e ao longo de duas horas e meia.

"Recebemos o Valentino Rossi no Hospital Careggi, onde foi submetido a exames detalhados para anular a possibilidade de outras lesões e os resultados foram satisfatórios,” explicou o Dr. Buzzi numa declaração pós operação. “Depois disso decidimos seguir em frente com uma operação à fractura exposta na perna direita. Administrámos uma epidural e limpámos e lavámos a fractura, que depois foi alinhada e estabilizada com um parafuso. A operação teve bons resultados; o alinhamento foi bom e os ossos estão agora estáveis. A ferida continua aberta, como é usual nestes casos, e será suturada nos próximos dias com outra pequena cirurgia. Acreditamos que o Valentino poderá deixar o hospital dentro de oito a dez dias e capaz de colocar peso na perna com a ajuda de canadianas.”

O Dr Buzzi continuou: “É difícil dizer quanto tempo levará a reabilitação, temos de avaliar o progresso do paciente e ver também o que os raios-X mostram. Mas penso que é razoável pensar em seis semanas de peso parcial com canadianas, depois disso o Valentino terá de ser reavaliado de acordo com as suas respostas e ser submetido a mais raios-X."

O Director da Yamaha Motor Racing, Lin Jarvis, acrescentou: “Foi um dia muito triste para a Yamaha e para a Fiat Yamaha Team, ver o Vale em tantas dores e com uma lesão tão grave pela primeira vez na carreira. É particularmente difícil para o Vale ter este acidente no Grande Prémio caseiro e esta operação será uma grande desilusão para ele e para todos os fãs em Mugello e por todo o mundo. Como equipa, neste momento estamos mal porque tínhamos dois pilotos a lutar pelo Campeonato e agora essa luta acabou – pelo menos no futuro imediato. Desejamos o melhor ao Vale e rápidas melhoras e esperamos tê-lo de novo connosco o mais depressa possível."

Pode ver o momento de infortúnio de Rossi aqui.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Valentino Rossi, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›