Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Davide Brivio fala sobre um fim-de-semana agitado

Davide Brivio fala sobre um fim-de-semana agitado

Depois de assistir ao Gran Premio d’Italia TIM na televisão ao lado de Valentino Rossi, que se encontra no hospital, o Director Desportivo do piloto italiano da Fiat Yamaha falou com o motogp.com sobre o processo de recuperação e acerca da “estranha” possibilidade de existir um piloto substituto por algumas corridas.

Davide Brivio teve uma experiência nova no domingo ao assistir à quarta ronda do Campeonato do Mundo de MotoGP em Mugello ao lado da cama de hospital de Valentino Rossi, em Florença, em vez de estar na box da Fiat Yamaha.

O Director Desportivo de Rossi, Davide Brivio, visitou o Campeão do Mundo, que está a recuperar de uma operação para reparar a fractura à tíbia que fez numa queda no sábado de manhã.

“É uma sensação estranha,,, é estranho para nós não estar a correr e é estranho para o Vale assistir a uma corrida na televisão”, explicou Brivio ao motogp.com depois de um fim-de-semana ‘surreal’. “Mas, ele está bem disposto e está apostado em trabalhar tanto quanto pode para regressar assim que for possível. A prioridade agora é ficar bem e a 100%, tenho a certeza que vai regressar muito forte”.

Por se estar ainda a dar os primeiros passos na recuperação não se sabe exactamente quanto tempo Rossi vai estar afastado, mas depois de duas corridas sem o italiano, a equipa vai ter de o substituir por outro piloto, tal como está previsto nos regulamentos.

Mas, nada ainda foi decidido e a perspectiva de encontrar um substituto para o piloto de 31 anos é uma coisa estranha para Brivio.

“Agora vamos ter alguma reuniões de planeamento com a Yamaha para discutir o que fazer nestas circunstâncias anormais, por isso ainda não há uma decisão final, ainda é muito cedo”, disse Brivio quando questionado sobre um piloto substituto. “Provavelmente vamos falhar as próximas duas corridas porque isso é permitido pelos regulamentos e, depois, se tal como pensamos, Valentino ficar de fora mais corridas, teremos que encontrar um substituto”.

“É muito estranho falar sobre a substituição de Valentino!”, acrescentou Brivio. “Mas, vamos tentar encontrar a melhor solução que conseguirmos”.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Valentino Rossi, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›