Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner arrecada pontos valiosos para o Campeonato

Stoner arrecada pontos valiosos para o Campeonato

O piloto da Ducati Marlboro esperava estar mais rápido em Mugello, mas ficou contente com o quarto lugar, depois de um fim-de-semana difícil. O seu companheiro de equipa, Nicky Hayden, ficou desiludido com a queda que sofreu.

Casey Stoner arrecadou importantes pontos para o Campeonato no domingo, no Gran Premio d’Italia TIM, com um quarto lugar, terminando um fim-de-semana difícil com o melhor resultado da época.

Stoner começou a lutar logo no início da corrida, quando viu Dani Pedrosa, Jorge Lorenzo e Andrea Dovizioso a irem directamente para a frente da corrida, deixando-o para trás envolvido numa batalha pelo quatro lugar com Marco Melandri e Randy de Puniet.

“Esperávamos ser um bocadinho mais rápidos na corrida de hoje, especialmente porque estávamos a usar os pneus macios, mas infelizmente não conseguimos tirar nenhuma vantagem”, disse Stoner. “Conseguimos uma afinação razoável no warm-up da manhã, o que representou um passo em frente em relação a ontem, mas fizemos outra alteração para a corrida que parece não ter funcionado. Por isso, não consegui apanhar os homens da frente. Os pilotos atrás de mim também não descolaram e não consegui fugir deles e deixá-los fazer a sua própria corrida. Na última volta soube que era a altura de tentar conseguir a melhor posição possível”.

Tendo em conta o que se tinha passado durante o fim-de-semana até à corrida, Stoner explicou que os 13 pontos alcançados foram um resultado positivo. “Fiquei muito contente pela forma como a corrida decorreu, depois do fim-de-semana que tivemos lutámos muito”, disse. “Foi difícil não apenas para mim, mas também para o Nicky e o Mika (Kallio, Pramac Racing). Vimos muita coisa acontecer que não se devia ter passado, por isso felizmente apenas não conseguimos ficar nas posições que queríamos”.

Nicky Hayden teve menos sorte, acabando por cair na quinta volta, depois de perder a frente da sua Desmosedici GP10 na Curva 12. O americano perdeu muito ritmo depois da queda, acabando por terminar a corrida prematuramente.

“Tive um arranque terrível, o que complicou as coisas”, disse, “Não estava à frente de muitos pilotos na Curva 1, mas depois das primeiras curvas consegui melhorar um bocadinho. Mas, não estava mesmo com um bom ritmo e depois dos treinos que fizemos esperava ter conseguido estar muito mais rápido”.

Descrevendo a sua queda Hayden acrescentou: “Estava a puxar muito e quando entrei naquela curva acabei por cair. É muito chato para a equipa, porque estávamos a melhorar, mas estas coisas acontecem e temos de olhar em frente e pensar agora em Silverstone”.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Casey Stoner, Nicky Hayden, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›