Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Melhorias continuadas premeiam Espargaró

Melhorias continuadas premeiam Espargaró

O oitavo posto em Mugello por parte do piloto da Pramac Racing foi mais um passo no seu desenvolvimento na categoria rainha e ele ficou muito contente com o segundo resultado nos dez primeiros nesta época.

O progresso de Aleix Espargaró na categoria rainha está a ganhar ritmo e o piloto assinou o segundo resultado consecutivo nos dez primeiros esta época, em Mugello no domingo. O estreante de 20 anos terminou em oitavo no Gran Premio d’Italia TIM, dando continuidade à melhoria de resultados e sorte.

Com dificuldades nas duas primeiras corridas da temporada – não terminou no Qatar e foi 15º em Jerez – Espargaró aumentou o ritmo em Le Mans e foi nono. Ele deu continuidade a esse resultado com um impressionante oitavo lugar em Mugello, um prémio que deixa o catalão satisfeito.

“É fantástico terminar outra vez nos dez primeiros depois de Le Mans, que já foi uma grande corrida, mas esta foi muito melhor,” afirmou Espargaró. “No início consegui rodar forte nas duas primeiras voltas, o que me aconteceu pela primeira vez no MotoGP, e consegui ser agressivo ao rodar com a moto, tudo devido ao grande trabalho feito pela minha equipa durante o fim-de-semana.”

Vindo de nono da grelha, a sua melhor qualificação até ao momento nesta época, Espargaró e o seu chefe de equipa na Pramac viram os frutos do trabalho levado a cabo durante o fim-de-semana.

“Tínhamos muitas coisas novas na moto para a primeira sessão de treinos e no início foi mesmo difícil, mas passo a passo chegámos perto da afinação para a qualificação e consegui rodar muito rápido com moto e também com facilidade,” explicou. “Na corrida foi a mesma coisa, dei o máximo desde o início e apanhei o Colin Edwards e depois continuei a forçar!”

“Terminar nos dez primeiros é mesmo muito bom, principalmente na corrida em casa da minha equipa, do meu patrão e da minha moto. Vamos tentar continuar a terminar entre os dez primeiros nesta temporada!” concluiu.

Do outro lado da box da Pramac Mika Kallio teve um fim-de-semana diferente, sendo obrigado a desistir da corrida após queda na nona volta, o que colocou ponto final num GP já complicado devido à sua lesão no ombro.

"As dores que senti no ombro e alguns problemas técnicos que encontrei no sábado de manhã não me permitiram garantir uma boa posição na grelha,” disse o finlandês, que se qualificou em 15º. “Resolvemos alguns problemas durante o warm-up e encontrámos grandes melhorias no comportamento da moto. Comecei muito bem, mas na Curva 10 fechei a direcção e caí.”

“Queria dar o meu melhor nesta pista porque é casa para a Pramac. Vou trabalhar ainda mais para provar o meu valor nas próximas corridas."

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Mika Kallio, Aleix Espargaro, Pramac Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›