Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Continuidade é a chave para o experiente Elías

Continuidade é a chave para o experiente Elías

O piloto da Gresini Racing Moto2 sabe que a sua forma consistente é crucial para a sua tentativa de chegar ao título do Campeonato do Mundo.

A forma de Toni Elías na Moto2 tem sido modelo de consistência até ao momento, com o espanhol a conquistar já duas vitórias, um quarto e um quinto lugar nas quatro primeiras jornadas da época de 2010. É uma boa sequência de resultados fortes como esta que pode ajudar o piloto espanhol a atingir o objectivo de conquistar o primeiro ceptro de Moto2 da história.

Em Mugello foi quinto, que é o seu pior resultado da época até ao momento, mas não se pode considerar mau. Com um fim-de-semana misto – foi 20º em FP2, recuperando depois para se qualificar em segundo – os 11 pontos somados na corrida mantiveram o bom momento de Elías no topo da classificação.

“Vi o quão rápido o Iannone estava no warm-up e disse à equipa que a corrida estava fora de alcance e isso acabou por se verificar. Esperava um segundo lugar, mas este resultado é bom para mim,” comentou Elías. “Tinha um plano para o resto da volta, mas para me colocar em posição tinha de alargar muito na Correntaio e correr o risco de cair, pelo que decidi ficar-me com o que tinha e estou contente com isso.”

O resultado dilatou a liderança de Elías na frente do Campeonato em mais um ponto de margem sobre Shoya Tomizawa e soma agora 74 pontos.

“Vamos esperar que isto acabe por ser o nosso pior resultado da época porque estamos consistentes de momento e um fim-de-semana como o de Mugello, onde ganhei mais um ponto sobre o meu rival principal no Campeonato, é muito importante,” concluiu.

Tags:
Moto2, 2010, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Toni Elias, Gresini Racing Moto2

Outras actualizações que o podem interessar ›