Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Chegada rápida a Assen dá as boas vindas ao par da Repsol Honda

Chegada rápida a Assen dá as boas vindas ao par da Repsol Honda

Andrea Dovizioso e Dani Pedrosa estão prontos para continuar o trabalho depois dos diferentes resultados obtidos em Silverstone e estão totalmente concentrados no TIM TT Assen.

O intermédio do pódio alcançado por Andrea Dovizioso em Silverstone fez com que o piloto da Repsol Honda subisse para o segundo posto da classificação no Campeonato do Mundo. Agora, o italiano chega a Assen determinado em dar o próximo passo na luta no Campeonato do Mundo de MotoGP. Com uma regularidade impressionante, nesta temporada Dovizioso apenas ficou uma vez fora do pódio ao longo das cinco corridas já realizadas e o piloto de 24 anos e antigo Campeão do Mundo de 125cc está muito perto de conseguir o ritmo certo para assinar a sua primeira vitória no seco no MotoGP.

“Vamos para Assen muito motivados e confiantes. Depois do meu último segundo lugar em Silverstone, que era um circuito novo para nós, estamos agora ansiosos por correr na pista histórica de Assen”, disse Dovizioso. “Não é um circuito que eu goste particularmente depois das alterações introduzidas há alguns anos, mas eu e a equipa estamos em boa forma e sentimos que também vamos estar fortes este fim-de-semana”.

“Hoje em dia, as características do circuito não são tão favoráveis para nós, porque Assen tem muitas curvas rápidas, mas estamos muito confiantes e ansiosos por dar outro passo em frente. Temos estado a melhorar a cada corrida esta época, por isso estou feliz. Estamos em segundo no Campeonato e temos de continuar a trabalhar muito para sermos ainda mais rápidos e conseguirmos lutar pela vitória. Esse é o objectivo”, concluiu Dovizioso.

O seu companheiro de euqipa Dani Pedrosa teve uma corrida para esquecer em Silverstone e pretende fazer isso mesmo e conseguir igualar em Assen o resultado alcançado em Mugello, na penúltima ronda, onde venceu. O espanhol de 24 anos está apenas a cinco pontos do companheiro de equipa na classificação do Campeonato e gosta muito de Assen - foi aí que venceu o seu primeiro Grande Prémio, na categoria de 125cc, em 2002, quando tinha apenas 16 anos. Pedrosa falou sobre os resultados alcançados até agora e, apesar da desilusão em Silverstone, o tri Campeão do Mundo acredita que é um dos favoritos para este fim-de-semana.

“É bom ir para Assen logo a seguir a Silverstone, porque dá-me a mim e à equipa a oportunidade para colocar a última corrida para trás das costas e trabalhar para conseguir outro bom resultado como aquele que fizemos em Mugello”, disse o piloto espanhol. “Aprendemos com o que aconteceu no Grande Prémio Britânico e agora vamos em frente. Felizmente que não me aleijei Silverstone e acredito que posso voltar ao ritmo anterior já este fim-de-semana. Assen é uma boa pista - ainda que estivesse melhor antes das alterações feitas há uns anos atrás - e gosto de correr lá. É um circuito que exige um máquina ágil, porque há muitas mudanças de direcção - tal como em Mugello - por isso, será bom se conseguirmos um resultado como o obtido em Itália”.

Ele acrescentou ainda: “A equipa está a trabalhar mesmo muito e acredito que podemos começar bem na primeira sessão de treinos em Assen e ter um fim-de-semana competitivo. O público e a história de Assen criam uma ambiente especial e estou ansioso por regressar à pista outra vez”.

O press release é uma cortesia da Repsol Honda

Tags:
MotoGP, 2010, TIM TT ASSEN, Andrea Dovizioso, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›