Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lüthi destaca-se na segunda sessão de livres de Moto2

Lüthi destaca-se na segunda sessão de livres de Moto2

O piloto da Interwetten Moriwaki Moto2 continuou a mostrar grande prestação apesar de ter sido operado à clavícula no fim-de-semana passado. Ele foi o mais rápido de FP2, à frente de Sergio Gadea e Kenny Noyes.

Thomas Lüthi (Interwetten Moriwaki Moto2) foi quem liderou a segunda sessão de treinos livres do Gran Premi Aperol de Catalunya na manhã de sábado, assinando um tempo de 1m48,184s na quarta das 21 voltas que efectuou. A rodar ainda sobre o efeitos da operação à lesão na clavícula o suíço fez com que os seus esforços se tornassem ainda mais notáveis.

A apenas 0,033s de distância ficou Sergio Gadea (Tenerife 40 Pons), que sofreu uma queda nos últimos cinco minutos da sessão. A fechar os três primeiros ficou Kenny Noyes (Jack&Jones by Antonio Banderas), a pouco mais de um décimo de Gadea.

Andrea Iannone (Fimmco Speed Up) e Toni Elías (Gresini Racign Moto2) completaram o Top 5, se bem que o líder do Campeonato não melhorou face ao seu tempo de ontem. Julián Simón (Mapfre Aspar), Shoya Tomizawa (Technomag-CIP) e Yuki Takahashi (Tech3 Racing) foram os outros nomes dos oito primeiros.

Ratthapark Wilairot (Thai Honda PTT Singha-SAG) caiu ao cabo de cinco minutos, mas voltou à pista para assinar a 13ª marca da sessão (+0,614s), enquanto Vladimir Leonov (Vector Kiefer Racing) também foi ao chão pouco depois. Iannone sofreu pequena saída de pista a 15 minutos do final, antes de Gadea e Yonny Hernández (Blusens-STX) também sofrerem quedas. Mike di Meglio (Mapfre Aspar) foi outro piloto a ir ao tapete perto do final.

Tags:
Moto2, 2010, GRAN PREMI APEROL DE CATALUNYA, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›