Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa agradado com consistência

Pedrosa agradado com consistência

O piloto da Repsol Honda conquistou o intermédio do pódio pela segunda vez consecutiva na Catalunha e estava feliz por ter conseguido atingir dois sólidos resultados

Com o intermédio do pódio no Gran Premi Aperol de Catalunya, Dani Pedrosa conseguiu manter a segunda posição na classificação do Campeonato do Mundo, resultado com o qual ficou muito satisfeito, graças à consistência demonstrada.

Depois de ter vencido a ronda quatro em Mugello, Pedrosa terminou em oitavo em Silverstone, mas voltou aos bons resultados em Assen, com um segundo lugar, que repetiu na sua corrida caseira. É esta a regularidade que ele anda à procura, com o piloto de 24 anos a afirmar: “Consegui juntar dois bons resultados, que era um dos nossos objectivos e agora temos de manter a mesma consistência e lutar pela vitória nas próximas corridas”.

Partindo da segunda linha em Montmeló Pedrosa disparou para a liderança na Curva 1, mas saiu da pista e acabou por baixar para a 11ª posição no final da primeira volta.

“Fiz uma boa partida e estava na frente na entrada para a Curva 1”, explicou. “A frente tremeu um pouco à entrada da curva, mas pensei em nada até travar e não conseguir. Fiquei surpreendido, porque não foi um grande abanão, mas insisti e finalmente consegui travar, mas nessa altura já era tarde demais. Nessa altura, já era muito tarde e acabei por sair da pista, Devagar voltei ao asfalto, porque não queria ser penalizado (por cortar a curva)”.

Pedrosa conseguiu depois fazer um bom trabalho e, na volta seis, já estava na terceira posição. Ele continuou: “Tentei recuperar o mais depressa possível e ganhar as posições que tinha perdido. Consegui passar o Casey quando ele fez um erro e depois seguimos juntos por muitas voltas. Estava a dar o máximo, mas estava com um problema na frente. Consegui aguentar até ao final da corrida e fiquei suficientemente satisfeito com o segundo lugar, depois da primeira volta que fiz”.

Com o resultado hoje alcançado, Pedrosa ficou com um vantagem de 22 pontos para o seu companheiro de equipa Andrea Dovizioso no Campeonato do Mundo, depois do italiano ter terminado em 14º lugar, devido a uma queda.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMI APEROL DE CATALUNYA, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›