Compra de bilhetes
VideoPass purchase

“O primeiro resultado a sério” de 2010 para Capirossi

“O primeiro resultado a sério” de 2010 para Capirossi

O sétimo lugar do homem da Rizla Suzuki no Gran Premier Aperol de Catalunya foi a melhor posição do piloto na temporada e mostra a forma como ele se sentiu na mota.

Loris Capirossi alcançou o melhor resultado da época com a sétima posição em Montmeló no domingo, onde conseguiu encontrar o que ele descreveu como “a sensação certa” na sua GSV-R pela primeira vez este ano.

O italiano lutou para recuperar da décima posição depois da partida até ao sétimo posto e apenas a falta de aderência da traseira o impediu de tentar ir ainda mais longe.

“Quero dizer a toda a equipa que foi um bom trabalho, porque é o primeiro resultado a sério de todo o ano”, disse o piloto de 37 anos. “De certeza que fizemos um bom trabalho todo o fim-de-semana, mas cometemos um erro com os pneus para a corrida”.

Capirossi foi um dos quatro pilotos que começou a corrida com o pneu traseiro extra duro. Ele continuou: “Toda a informação que tínhamos dizia que era impossível utilizar os pneus moles na corrida e utilizamos os nossos nos treinos, porque pensamos que não precisaríamos deles à tarde. Mas, afinal, era o único piloto com pneus duros no warm-up e tive alguns problemas de aderência. Depois, na corrida era um dos pouco que estava a utilizar um componente duro e tive de lutar muito desde a partida”, explicou.

“Funcionou bem a meio da corrida, mas a prestação caiu quando faltavam quatro voltas e tive de lutar para manter um bom ritmo”.

Apesar do problema com a falta de aderência traseira, Capirossi estava satisfeito não apenas com o seu resultado, mas também pela forma como se sentiu na sua GSV-R, que disse que estava muito melhor.

“Esta foi a primeira vez este ano que a mota estava bem e isso para nós é uma coisa muito importante”, reconheceu.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMI APEROL DE CATALUNYA, Loris Capirossi, Rizla Suzuki MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›