Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Planos actuais e futuros de Antonio Banderas no MotoGP

Planos actuais e futuros de Antonio Banderas no MotoGP

O actor espanhol, dono da Jack&Jones by Antonio Banderas Moto2, fala de como a época está a correr e de uma possível subida à classe de MotoGP nesta entrevista de vídeo grátis.

Trazendo algum glamour de Hollywood até Montmeló neste fim-de-semana, Antonio Banderas é um dos famosos presentes no Gran Premi Aperol de Catalunya deste fim-de-semana, mas o actor está presente como dono da Jack&Jones by Antonio Banderas de Moto2.

Com os pilotos Kenny Noyes e Joan Olivé aos comandos das máquinas Promoharris na primeira época da categoria intermédia, o início do projecto de Banderas está a ser promissor. Noyes somou um sétimo lugar em Jerez e partiu da pole em Le Mans.

“Estou contente com as coisas até ao momento porque estamos numa nova categoria do Campeonato do Mundo que é muito difícil. Temos todos o mesmo motor e o resultado é inacreditável. Quem faz a pole numa semana pode estar em 15º da grelha duas semanas mais tarde, pelo que tem muito a ver com as capacidades dos pilotos e, ao mesmos tempo, com a forma como a equipa técnica está a trabalhar e os seus conhecimentos dos vários circuitos,” explicou Banderas nesta entrevista de vídeo grátis. “Nesta categoria é bem patente o elevado nível dos pilotos do Campeonato do Mundo. Creio que quando as pessoas entendem o que está a acontecer se divertem muito com este tipo de corridas.”

Estar envolvido no Mundial em posição directiva é um sonho tornado realidade para Banderas. Ele continuou: “É a minha primeira vez como elemento de uma equipa. Sempre gostei de vir às corridas, mas era sempre como espectador, mas agora faço parte de uma equipa e é um ponto de vista totalmente diferente. Acompanho sempre as provas de uma forma ou de outra, esteja onde estiver. Se estou nos Estados Unidos vejo pela televisão no Speed Channel, e se estou em sítios onde o Mundial na passa na TV vejo pela Internet. Ou então ligo para a equipa para saber como estão os nossos pilotos!”

Com plano de longo prazo na agenda, Banderas quer ter o projecto de Moto2 a funcionar a 100%, mas já está de olhos numa potencial subida ao MotoGP.

“Temos de estabelecer a nossa equipa nesta categoria nos próximos dois ou três anos e o passo seguinte pode ser a passagem para o MotoGP,” afirmou. “Mas não sei, pode mudar no futuro e temos a introdução das 1000cc a quatro tempos, pelo que temos de ver como é o que projecto se desenvolve. Mas creio que vamos acabar nessa categoria.”

Demonstrando a sua paixão pelo Campeonato do Mundo de MotoGP, Banderas disse depois o que pensa da época enquanto espectáculo.

“Adoro o Marc Márquez nas 125cc, penso que é incrível. Tem a força e mestria de muitas outras lendas espanholas e penso que ele será capaz de grandes feitos. O Nico Terol está muito bem e o Pol Espargaró também,” explicou Banderas. “Na Moto2 creio que o Toni Elías tem uma grande hipótese de ganhar o título, mas é uma categoria muito imprevisível pelos motivos que já expliquei.”

Sobre a categoria rainha Banderas disse: “No MotoGP o Jorge Lorenzo parece ser o homem que vai conquistar o Campeonato do Mundo depois do desafortunado acidente do Valentino Rossi em Mugello. Por um lado é uma pena porque pensei que o Lorenzo estava mesmo pronto para bater o Rossi, mas não vamos ter a oportunidade de o ver. Se ele ganhar deve aparecer muita gente a dizer isso e a perguntar o que teria acontecido se o Valentino Rossi tivesse estado presente em todas as provas. Mas isso é uma pergunta para ser respondida para o ano, aí ficaremos a saber a resposta!”

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMI APEROL DE CATALUNYA, Jack & Jones by A.Banderas

Outras actualizações que o podem interessar ›