Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi e Lorenzo fazem dobradinha nos treinos

Rossi e Lorenzo fazem dobradinha nos treinos

A dupla da Fiat Yamaha ocupou as duas primeiras posições dos treinos livres do Gran Premio d’Italia TIM, e ambos ficaram muito satisfeitos com as sensações do primeiro dia com os seus protótipos M1.

Valentino Rossi e Jorge Lorenzo regressaram à acção no mesmo ponto em que terminaram a última ronda em Le Mans, começando o Gran Premio d’Italia TIM com os dois melhores tempos dos treinos livres em preparação para a quarta jornada da luta pelo ceptro.

Rossi, que ganhou em Mugello durante sete anos consecutivos de 2002 a 2008, assumiu a liderança da tabela de tempos com um registo de 1m49,751s, demonstrando logo estar muito à vontade com o circuito onde dominou até ao ano passado. O Campeão do Mundo ficou muito contente por estar de novo a rodar na frente perante o seu público e tirou partido de uma sessão muito positiva.

"Estou muito contente por estar de novo aqui em Mugello e tivemos uma boa primeira sessão. Trabalhámos bem, testámos muitas afinações diferentes, bem como os pneus macios e duros da Bridgestone e estamos muito rápidos,” disse Rossi.

O piloto de 31 anos ainda sente algum desconforto na lesão no ombro, mas o nível de dores já não é tão severo como em França, e Rossi espera que assim se mantenha durante o resto do fim-de-semana.

“Ainda sinto dores no ombro, mas parece que esta pista não é tão má e hoje não sofri como em Le Mans,” disse. “É claro que não sabemos como é que o ombro vai estar ao longo do fim-de-semana, mas neste momento estou confiante. O importante é trabalhar a 100% para encontrar a afinação certa e garantir que estamos o mais rápidos possível para domingo."

O líder do Campeonato Lorenzo, que conta com nove pontos de margem sobre Rossi à chegada à quarta corrida, ficou apenas a 0,369s de Rossi e sentia-se tranquilo depois de uma boa sessão. O espanhol considera que mostrou bom nível com a sua M1 depois da hora de treinos e sublinhou os planos para sábado.

"Estou contente com esta sessão e sinto-me bem,” disse Lorenzo, que foi segundo no ano passado. “Foi sempre difícil ser rápido desde o primeiro momento aqui porque é preciso fazer muitas voltas para compreender a pista com todas as suas mudanças de direcção, mas depois de ter feito algumas voltas melhorei muito. Agora temos de melhorar algumas coisas na moto.”

Uma boa qualificação durante a tarde de sábado será a chave para lutar pela terceira vitória consecutiva, segundo Lorenzo.

“O mais importante é estar na primeira linha amanhã e para o conseguirmos temos de fazer pequenas alterações. O tempo está quente, mas bom; estou em forma, bem preparado e já estamos em boa posição,” concluiu.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO D'ITALIA TIM, Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›