Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Iannone termina teste de Aragão como mais rápido do segundo dia

Iannone termina teste de Aragão como mais rápido do segundo dia

O piloto da Fimmco Speed Up voltou a estar em bom plano no segundo dia de ensaios no palco da 12ª ronda do Campeonato do Mundo de 2010, que tem lugar a 19 de Setembro. Marc Márquez também repetiu o feito nas 125cc ao ser de novo o mais lesto.

Andrea Iannone terminou o segundo e último dia do teste privado de Moto2 e 125cc no Motorland Aragón com o melhor tempo, tal como no primeiro dia, ao rodar em 1m55,424s na sessão da manhã. Uma marca que o deixou a seis centésimos de segundo do tempo que tinha assinado no primeiro dia e que é o novo recorde do traçado.

O italiano da Fimmco Speed Up contou com a companhia de mais três nomes a rodarem abaixo do segundo 56 nesta quarta-feira: Julián Simón (Mapfre Aspar), Toni Elías (Gresini Racing) e Roberto Rolfo (Italtrans STR). O Campeão do Mundo de 125cc, Simón, sofreu queda na Curva 2 durante a manhã, mas saiu ileso do contratempo para voltar à pista e completar um total de 28 voltas até às 13 horas. O espanhol ficou a 0,144s de Iannone, enquanto o líder do Campeonato ficou a 0,423s do italiano e com uma margem de 0,065s sobre Rolfo, que com o registo de hoje acabou como quarto mais rápido do teste.

Ainda a recuperar da operação à clavícula, Tom Lüthi (Interwetten Moriwaki Moto2) foi o quinto melhor com um crono de 1m56,033s, com o britânico Scott Redding (Marc VDS Racing) a terminar ainda entre os seis primeiros. Raffaele de Rosa (Tech 3 Racing) e Simone Corsi (JiR Moto2) foram os dois nomes que se seguiram na tabela de tempos, enquanto Shoya Tomizawa (Technomag-CIP) foi 13º num dia difícil marcado por duas quedas que, felizmente, não se traduziram em lesões.

O fabricante suíço de chassis, Suter, também esteve representando em pista neste segundo dia através do germânico Arne Tode. A marca forneceu ainda uma evolução do chassis às equipas com as quais trabalham e que aproveitaram também para avaliar diferentes afinações de suspensões. A Suter fez saber que recebeu críticas muito positivas por parte das equipas.

Nas 125cc o melhor do dia foi também o mais rápido de ontem; Marc Márquez (Red Bull Ajo Motorsport) assinou um tempo de 1m58,619s por volta das 13 horas, altura em que deu por terminado o seu dia de trabalho. O líder do Campeonato do Mundo retirou quase um segundo à sua melhor marca do primeiro dia de trabalho e foi seguido por Pol Espargaró e Efrén Vázquez, ambos da Tuenti Racing.

Tags:
Moto2, 2010

Outras actualizações que o podem interessar ›