Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Brivio fala do possível regresso de Rossi

Brivio fala do possível regresso de Rossi

O Director Desportivo do italiano disse o que pensa após o teste de Misano e discutiu ainda o potencial regresso à acção depois do Campeão do Mundo ter rodado com uma moto pela primeira vez desde que lesionou no início de Junho.

A recuperação de Valentino Rossi da fractura na tíbia direita teve novos desenvolvimentos na quarta-feira quando o italiano rodou com uma Superbike Yamaha em Misano, o seu primeiro contacto com as duas rodas desde que se lesionou a 5 de Junho.

Depois de ter completado 26 voltas para compreender melhor a condição física do italiano, o Director Desportivo de Rossi na Fiat Yamaha, Davide Brivio, falou da forma como o teste correu e quais as impressões gerais recolhidas da jornada de trabalho.

“Este teste foi claramente muito importante porque permitiu ao Valentino compreender quais são os problemas e o que ainda lhe dói, ou não,” explicou Brivio. “Diria que a perna está muito boa, mas ele ainda tem dores no ombro, algo que já esperávamos. Isto pode dar-nos uma indicação dos preparativos que temos de levar a cabo nos próximos dias.”

Sobre o potencial regresso à acção de Rossi no Motorrad Grand Prix Deutschland (16 a 18 de Julho), Brivio afirmou: “Se ele poderá rodar, ou não, em Sachsenring é algo que vamos decidir na próxima semana, na terça ou quarta-feira, na véspera do GP. Depende da forma como ele se sentir e de como trabalhar nos próximos sete ou oito dias; só aí seremos capazes de compreender se ele vai conseguir, ou não.”

Ele continuou: “É difícil conseguir fazer outro teste (antes de Sachsenring) porque não há outra moto disponível. A que usámos aqui estará em Brno neste fim-de-semana. Se ele trabalhar no ginásio e se os preparativos correrem bem talvez esteja presente em Sachsenring e, se assim for, tentaremos logo com a M1 em pista.”

Brivio revelou ainda o quão encorajador foi ver Rossi de novo numa moto – na YZF-R1 – e que, apesar de ainda sentir algumas dores, o italiano gostou muito da experiência.

“Ele estava com ar muito feliz por estar de volta à moto e deu-me a impressão que sentiu falta de andar de moto durante este longo período. Ele falou da moto e fez alguns comentários, como se fosse um teste normal. Vi o quanto ele gostou de andar na moto,” disse.

“O objectivo do teste não foram os tempos, é claro que a moto não foi modificada, mas no final não esteve nada mal.”

Pode ver o vídeo grátis do teste de Rossi em Misano no canal oficial do MotoGP no YouTube, onde poderá ver mais alguns momentos fantásticos do Campeonato do Mundo.

Tags:
MotoGP, 2010, Valentino Rossi, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›