Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa saboreia luta pela vitória

Pedrosa saboreia luta pela vitória

O piloto da Repsol Honda disse que o segundo triunfo da temporada em Sachsenring “foi ainda melhor do que o de Mugello”, porque teve que lutar com Jorge Lorenzo para o alcançar.

A brilhante corrida de Dani Pedrosa até à vitória no Motorrad Grand Prix Deutschland, no domingo, foi uma das que o piloto da Repsol Honda mais gostou, depois daquilo que teve de lutar para assegurar o segundo triunfo da época de 2010.

“Esta vitória é ainda melhor do que aquela que consegui em Itália, porque em Mugello fui logo para a frente da corrida e não tive que lutar com ninguém. Mas, aqui tive de lutar com o Lorenzo na primeira e na segunda corrida e, às tantas, finalmente consegui ultrapassá-lo, por isso é ainda mais importante”, disse o piloto de 24 anos.

Pedrosa estava já a disputar a liderança da primeira corrida com Lorenzo quando foi mostrada a bandeira vermelha, ao fim de nove voltas. Mais tarde, na versão de apenas 21 voltas, Pedrosa não abrandou o ritmo e continuou a lutar com Lorenzo, até o conseguir ultrapassar, quando já tinha decorrido metade da corrida.

“Estou muito feliz porque regressámos às vitórias e é uma sensação fantástica”, afirmou. “Hoje não foi fácil, porque quando a corrida é interrompida, às vezes na segunda parte não conseguimos fazer as coisas tão bem. Além disso, ficamos outra fez nervosos na grelha de partida e podemos não conseguir voltar ao mesmo ritmo. Mas, as coisas correram muito bem para nós em ambas as corridas”.

Ele acrescentou ainda: “Apenas fizemos uma pequena alteração na suspensão traseira na segunda corrida para termos um pouco mais de aderência. Voltei a partir bem na segunda corrida e, na primeira volta, depois do Lorenzo me ter ultrapassado, dei o máximo para o voltar a passá-lo. Na primeira tentativa não consegui, mas depois voltei a tentar e consegui”.

Depois de dois segundos lugares consecutivos, a vitória na Alemanha mostra a consistência que Pedrosa tem apresentado, com o piloto espanhol a ir agora para uma pista onde venceu no ano passado, para o Red Bull US Grand Prix em Laguna Seca.

“Foi fantástico voltar a estar na frente e ter vencido, a equipa merece-o”, sublinhou. “Tenho de lhes agradecer, porque eles trabalharam muito bem este fim-de-semana, a moto esteve muito boa desde sexta-feira e isto é o que precisamos para nos manter consistentes a partir de agora”.

Tags:
MotoGP, 2010, eni MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›