Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Ducati desejosa por Laguna

Ducati desejosa por Laguna

Nicky Hayden está preparado para o GP em casa, o Red Bull U.S. Grand Prix, e Casey Stoner também está excitado com uma pista de que gosta.

Red Bull U.S. Grand Prix deste fim-de-semana é um muito esperado pela Ducati Team. Para Nicky Hayden trata-se da corrida caseira, do palco da sua primeira vitória no MotoGP em 2005 e de outro triunfo no ano seguinte – aquele em que se sagrou Campeão do Mundo.

“Estou desejoso por Laguna, um circuito que me é muito especial,” explicou o americano. “É duro, mas muito agradável e trata-se do local onde ganhei o meu primeiro GP. Não o digo apenas por ser americano, mas porque é realmente um local único. Não há uma verdadeira recta – todas as curvas levam a outra e são uma mistura de lentas e rápidas. A Saca-rolhas é única, uma descida de três andares com entrada cega – parece vamos levantar voo!”

“Outra coisa sobre Laguna é o facto de não podermos sair da trajectória em qualquer sítio da pista, porque a saída de uma curva é a entrada da outra e temos de estar na linha certa. Em Sachsenring tivemos um fim-de-semana complicado, mas recuperámos na corrida e encontrámos boas sensações com a moto. Isso deixa-me confiante para este fim-de-semana.”

Também muito motivado para a nona jornada em Laguna Seca está o companheiro de equipa Casey Stoner, que venceu na pista a caminho do título de 2007. O australiano está actualmente numa sequência de três pódios consecutivos e sente que está muito perto de onde quer estar com a sua Desmosedici GP10.

“Laguna é um circuito do qual sempre gostei porque é duro, mas muito divertido e segue a ondulação natural e mudanças de direcção do terreno. E atmosfera proporcionada pelos fãs norte-americano também é muito boa,” disse o piloto de 24 anos.

“Naturalmente, estou à procura de um bom resultado, mas não quero fazer previsões porque recentemente temos estado perto da frente sem, contudo, conseguirmos terminar com o resultado que queremos. Não estamos longe – só necessitamos de um pouco mais de aderência, estabilidade em travagem e bom comportamento da moto, o que nos daria um ou dois décimos de segundo extra que nos faltam. Não é muito, mas ao nível que estamos seria bem notável. Vamos ver o que acontece, mas o objectivo é melhorar o que já conseguimos,” concluiu.





Tags:
MotoGP, 2010, RED BULL U.S. GRAND PRIX, Casey Stoner, Nicky Hayden, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›