Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Os números de Laguna Seca

Os números de Laguna Seca

Factos, estatísticas e números para que esteja ao corrente de tudo antes do Red Bull U.S. Grand Prix deste fim-de-semana!

190 – Randy de Puniet sofreu fractura na tíbia e fíbula esquerdas na queda que sofreu no Grande Prémio da Alemanha, o que o obriga a falhar a corrida de Laguna Seca. Um contratempo que coloca ponto final numa impressionante sequência de 190 GPs consecutivos por parte de De Puniet, que nunca falhou uma corrida desde que se tornou piloto de Grandes Prémios a tempo inteiro em 1999.

67 – O Grande Prémio da Alemanha foi a 67ª corrida de MotoGP sem vencedores do Estados Unidos; o último foi Nicky Hayden em Laguna Seca, em 2006.

Há 34 anos – O dia de corrida em Laguna Seca marca o 34º aniversário da vitória de Barry Sheene no Grande Prémio da Suécia, em Anderstorp em 1976, um triunfo com o qual conquistou o ceptro Mundial, o primeiro da Suzuki nas 500cc.

33 – A vitória de Dani Pedrosa no Grande Prémio da Alemanha foi o 33º triunfo ao longo da sua carreira em GPs, em todas as classes e todos eles com a Honda. É o mesmo número de vitórias em Grandes Prémios conquistados por Valentino Rossi quando corria pela marca. Apenas três pilotos venceram mais provas com a Honda: Mick Doohan (54 vitórias), Jim Redman (45) e Mike Hailwood (41).

Há 16 anos – O dia da qualificação em Laguna Seca marca o 16º aniversário sobre a vitória de Kevin Schwantz na corrida de 500cc em Donington Park, em 1994, depois de sofrido tremenda queda durante a qualificação. Foi a última das suas 25 vitórias em Grandes Prémios.

15 – É o número de Grandes Prémios já disputados nos Estados Unidos. Os dois primeiros tiveram lugar em 1964 e 65, em Daytona, seguiram-se 11 em Laguna Seca e nos últimos anos assistiu-se à entrada de Indianápolis para o calendário do Campeonato do Mundo.

10 – A vitória de Dani Pedrosa no GP da Alemanha foi a sua décima na categoria rainha, o mesmo número do grande rival Jorge Lorenzo. O único espanhol com mais triunfos na categoria rainha é Álex Crivillé com 15.

8 – Jorge Lorenzo terminou no pódio em todas as corridas já disputadas este ano, juntando-se a um grupo de pilotos de elite que também atingiram este feito antes na categoria rainha: Giacomo Agostini, Wayne Rainey, Mick Doohan, Kevin Schwantz e Valentino Rossi.

7 – As últimas sete corridas de MotoGP foram ganhas por pilotos espanhóis, a mais longa sequência de triunfos na categoria rainha por parte de Espanha como nação. Contudo, está ainda longe do impressionante recorde da categoria rainha detido pelos Estados Unidos e que teve início com a vitória de Freddie Spencer em Mugello, em 1982.

4 – Após o Grande Prémio da Alemanha apenas quatro pilotos contam com pontos somados nas oito corridas de MotoGP já disputadas: Jorge Lorenzo, Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso e Héctor Barberá.

3 – Os pódios das últimas três corridas de MotoGP foram ocupados pelos mesmos três pilotos (Lorenzo, Pedrosa e Stoner).

1 – Valentino Rossi nunca partiu da pole em Laguna Seca. É o único circuito do presente calendário, e onde já correu, onde nunca garantiu uma pole na categoria rainha.

Tags:
MotoGP, 2010, RED BULL U.S. GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›