Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo de olhos na primeira vitória em Laguna

Lorenzo de olhos na primeira vitória em Laguna

O Red Bull U.S. Grand Prix na Mazda Raceway Laguna Seca, nona jornada com Campeonato do Mundo de MotoGP, marca o ponto final de uma sequência de cinco corridas em seis semanas e o meio da temporada de 2010, sendo que a conferência de imprensa de pré evento teve lugar, como é hábito, na quinta-feira.

O actual líder do Campeonato do Mundo, Jorge Lorenzo, terminou todas as corridas já disputadas em primeiro ou em segundo este ano. O piloto da Fiat Yamaha foi segundo na Alemanha, no fim-de-semana passado, e chega à Califórnia com 47 pontos de vantagem sobre Dani Pedrosa na classificação, uma margem que manter e até mesmo dilatar neste fim-de-semana com mais um pódio.

"Tenho algumas recordações dolorosas desta pista,” disse Lorenzo durante a conferência de imprensa de pré evento. “Em 2008 caí com pneus frios na primeira curva e lesionei-me no pé, o que me impediu de dançar durante as férias! No ano passado caí duas vezes com os pneus frios, uma vez com o da frente, outra com o traseiro, mas depois conseguimos a pole e terminámos no pódio. Laguna é claramente um local especial, muito diferente dos outros circuitos onde corremos, mas gosto de rodar aqui, especialmente da Saca-rolhas. Quero correr aqui na perfeição, sem lesões, e espero ter a oportunidade neste fim-de-semana."

Quando questionado sobre se está a pensar no Campeonato e não apenas em vitórias, Lorenzo disse: “Temos de prestar atenção aos nossos limites, saber onde estão, e ficarmos dentro deles e terminar no pódio sempre que possível. Esperamos ter uma boa corrida neste fim-de-semana."

Ao lado do líder do Campeonato na conferência de imprensa estiveram ainda o vencedor de Sachsenring, Dani Pedrosa, o duas vezes vencedor da Laguna Seca Nicky Hayden, o Campeão do Mundo Valentino Rossi e o homem do pódio de Silverstone, Ben Spies.

Pedrosa venceu aqui há 12 meses e chega à Califórnia em busca da primeira sequência de vitórias consecutivas na categoria rainha, isto depois de ter levado a melhor na luta com Lorenzo no último embate em Sachsenring.

"As últimas corridas foram boas para nós e temos boas memórias desta pista do ano passado,” declarou Pedrosa. “Espero que este fim-de-semana tenhamos mais boas memórias para levar connosco de Laguna Seca."

"O Campeonato ainda não acabou porque a desvantagem para o Lorenzo pode ser anulada. Ainda temos muitas corridas pela frente, mas só podemos olhar para as coisas corrida a corrida e dar o nosso melhor,” concluiu o piloto da Repsol Honda.

A liderar a armada da casa neste fim-de-semana estará o piloto da Ducati Team Nicky Hayden, que está actualmente em quinto no Campeonato. O americano já venceu o Grande Prémio de Laguna Seca por duas vezes, uma em 2005 e outra no ano seguinte, a caminho do ceptro. Contudo, desde então nenhum norte-americano terminou no pódio em Laguna Seca, uma situação que o Kentucky Kid quer rectificar neste fim-de-semana numa pista que considera muito especial.

"Laguna foi sempre boa para mim e para os meus irmãos também,” comentou o piloto da Ducati cujo irmão mais novo, Roger Lee, vai correr como substituto do lesionado Randy de Puniet na LCR Honda neste fim-de-semana. “Estou desejoso pelo fim-de-semana e espero conseguir um bom resultado aqui porque precisamos de um depois de termos lutado muito nas últimas corridas. Vamos tentar e ver o que acontece."

Apenas seis semanas depois de ter partido a perna em Mugello, Valentino Rossi regressou à acção em Sachsenring, terminando em quarto após intensa batalha com Casey Stoner em que o australiano acabou por terminar com o mais baixo do pódio. Rossi ficou surpreso com o resultado na Alemanha, mas chega a Laguna, onde venceu em 2008 e foi segundo no ano passado, sabendo que um resultado no pódio está ao seu alcance.

"Depois da corrida na Alemanha não tive mais problemas, especialmente com a perna, por isso estou em boa forma,” declarou Rossi. “Amanhã vai ser importante ver se Laguna Seca me dá mais problemas com a perna, mas se consegui rodar em Sachsenring é possível ter um bom fim-de-semana aqui. Laguna é uma grande pista de que gosto muito. Tive aqui uma das melhores vitórias da minha carreira em 2008, depois de lutar com o CAsey. Há muitas curvas para a esquerda, o que não é mau para mim, mas a Saca-rolhas pode ser um problema. Vamos ver."

Ben Spies também aposta alto neste fim-de-semana, não estivesse ele de regresso a uma das apenas três pistas do calendário onde já rodou com uma máquina de MotoGP (as outras duas são Indianápolis e Valência). O texano foi oitavo em 2008 em Laguna, como wildcard da Suzuki, mas agora está de olhos num resultado muito mais próximo da frente.

"Laguna foi sempre uma pista especial para mim, mesmo quando vinha aqui com a AMA," disse Spies. “A pista será um pouco diferente numa máquina de MotoGP, mas será bom trabalhar na afinação da moto na sexta-feira, em vez de ter de aprender a pista. Queremos sempre o melhor resultado da época quando corremos em casa; damos 110% em todos os fins-de-semana, mas nas corridas em casa é onde queremos mesmo o melhor possível."

Tanto Spies como Colin Edwards vão receber as há muito esperadas melhorias para as suas Yamaha M1 neste fim-de-semana em Laguna Seca, mas Spies não conseguiu especificar o que vai receber.

"Não sei ao certo o que se passa, mas espero receber algo da Yamaha que torne o meu trabalho mais fácil neste fim-de-semana."

Tal como os homens da Fiat Yamaha, os pilotos da Monster Yamaha Tech 3 vão rodar com decoração especial em Laguna, comemorando o estado do Texas e a sua Lone Star.

"É bom ter dois texanos na equipo porque podemos fazer algo especial com a decoração neste fim-de-semana. Temos compromissos com os nossos patrocinadores, o que significa que não fomos ao limite com a decoração, mas está muito gira,” acrescentou Spies.

Tags:
MotoGP, 2010, RED BULL U.S. GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›