Compra de bilhetes
VideoPass purchase

A temporada de 2010 de Dani Pedrosa até agora

A temporada de 2010 de Dani Pedrosa até agora

O piloto da Repsol Honda teve altos e baixos nas primeiras nove corridas, com os melhores resultados a mostrarem a sua capacidade para ser um dos principais adversários na luta de Jorge Lorenzo pelo título deste ano.

O trabalho de Dani Pedrosa para conseguir resultados consistente nesta época colocou o espanhol na segunda posição da classificação do Campeonato a meio da temporada, onde, com 138 pontos, está a 72 do líder, Jorge Lorenzo. As primeiras nove jornadas trouxeram resultados fantásticos para o piloto da Repsol Honda, que esteve até agora por cinco vezes no pódio e venceu duas corridas. Contudo, os bons resultados vieram também acompanhados por algumas desilusões..

A época arrancou com um sétimo lugar para Pedrosa no Qatar, onde voltou a lutar com alguns problemas na afinação que já vinham da pré-temporada. Porém, ele continuou concentrado e, na ronda seguinte, em Jerez, surgiu a recompensa, com a pole position e a lutar com Lorenzo pela vitória, numa corrida onde terminou no intermédio do pódio.

Alguma inconsistência nos resultados, que mostrou ser o principal obstáculo de Pedrosa no início da época, levou-o depois a ser quinto classificado em Le Mans, onde perdeu um lugar no pódio na última volta da sua 150º corrida de Grandes Prémios. Depois, acabou por surgir outro grande resultado, uma vitória a partir da pole position em Mugello, depois de intenso trabalho do piloto de 24 anos e da sua equipa.

A seguir veio uma ronda difícil em Silverstone, com Pedrosa a cair na qualificação e a terminar em oitavo. Contudo, esta corrida acabou por marcar o início de uma sucessão de resultados consistentes: um segundo lugar em Assen a partir do sétimo lugar da grelha e, depois, outro intermédio do pódio na sua corrida caseira, na Catalunha, mostraram-lhe o caminho para a segunda vitória da época de 2010 em Sachsenring, com Pedrosa a vencer a luta pelo mais alto do pódio com Lorenzo.

A primeira metade da temporada terminou com a quinta desistência da época para Pedrosa, que caiu em Laguna Seca quando estava a liderar a corrida. O piloto mantém, contudo, o optimismo e irá procurar melhorar as suas prestações, depois de já ter provado o gosto das vitórias.

Tags:
MotoGP, 2010, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›