Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Experiência positiva em Laguna para Roger Lee Hayden

Experiência positiva em Laguna para Roger Lee Hayden

O americano correu até à 11ª posição do Red Bull U.S. Grand Prix pela equipa da LCR Honda, desfrutando a oportunidade de participar como substituto do piloto Randy de Puniet.

O fim-de-semana de Roger Lee Hayden no Red Bull U.S. Grand Prix foi muito positivo, com o americano a conseguir terminar na 11ª posição em Laguna Seca ao comando da RC212V da equipa LCR Honda, em substituição do lesionado Randy de Puniet.

O mais novo dos irmãos Hayden fez progressos durante o fim-de-semana, retirando mais de 1.6s aos tempos registados entre a primeira sessão de treinos e a qualificação. A habituação aos travões dianteiros de carbono utilizado no MotoGP, em vez dos de metal que costuma utilizar na World SBK, e aos pneus da Bridgestone, foram os maiores desafios para o piloto de 27 anos, que partiu da 17ª posição da grelha para a conquista de 5 pontos no Campeonato, naquela que foi a sua segunda corrida na Classe Rainha.

“Foi uma corrida muito boa para mim! Depois da partida fiquei encurralado na primeira curva e depois demorei algumas voltas a encontrar o ritmo certo. Os outros pilotos estavam alguns segundos á minha frente, mas comecei a acelerar e consegui fazer a minha volta mais rápida do fim-de-semana. Consegui depois apanhar o De Angelis e, a duas voltas do fim, ultrapassei-o e fiquei com o 11º lugar”, disse Hayden.

“No início do fim-de-semana não pensei que conseguisse um 11º lugar. Quero agradecer à LCR Team por esta oportunidade fantástica. Todos na equipa me apoiaram de todas as maneiras possíveis. Eles trabalharam muito na moto e senti-me muito bem. Não me pressionaram de forma alguma neste fim-de-semana em relação aos resultados, mas este é o Grande Prémio americano e todos os meus amigos, a minha família e os meus fans estão aqui, por isso queria oferecer-lhes um bom resultado. Adorava voltar a correr com esta equipa outra vez, que é fantástica e que me deu uma mota perfeita”.

O proprietário da equipa Lucio Cecchinello afirmou: “Primeiro quero desejar ao Rrandy uma recuperação rápida e quero agradecer à equipa pelo fantástico trabalho que fez este fim-de-semana. Apesar da pouca sorte, decidimos vir aqui e dar o máximo, como sempre. Estamos contentes com o resultado do Roger, porque ele melhorou de sessão para sessão e durante a corrida estava concentrado, especialmente quanto ultrapassou o De Angelis a duas voltas do fim. Agora estamos à espera do regresso do Randy em Brno, mas primeiro temos de aguardar pelo que diz a Comissão Médica”.

Tags:
MotoGP, 2010, RED BULL U.S. GRAND PRIX, LCR Honda MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›