Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden testa em Moto2 e dá continuidade ao projecto

Hayden testa em Moto2 e dá continuidade ao projecto

A equipa American Honda Moto2, com Roger Lee Hayden e com Kevin Schwantz como Director Desportivo, completou dois dias de testes no Barber Motorsports Park, no Alabama, dando continuidade aos preparativos para a sua participação como wild card no Red Bull Indianapolis Grand Prix do final deste mês.

Roger Lee Hayden, Kevin Schwantz e a equipa Erion Racing liderados por Kevin Erion estiveram presentes no Barber Motorsports Park, no Alabama, no final da semana passada para levarem a cabo mais um teste onde a American Honda Moto2 Team deu continuidade aos preparativos par a participação como wild card no Red Bull Indianapolis Grand Prix de 27 a 29 de Agosto.

Apesar do forte calor que se fez sentir durante os dois dias na pista americana, o teste revelou-se uma experiência positiva para Hayden, o Director Desportivo Schwantz e para Erion e a sua equipa técnica, conseguindo bons progressos na afinação da Moriwaki MD600 com que vão correr em Indy.

"As condições era mesmo muito quentes e húmidas, mas o trabalho do Roger brilhou e conseguimos muito,” disse o Director Desportivo Schwantz. “O Roger não tem medo de trabalhar arduamente e esse foi um dos motivos por que o escolhemos para a equipa e isso foi visível com as voltas rápidas que apresentou em condições muito quentes e húmidas. O Roger foi muito rápido em pista e mesmo usando pneus velhos no final de quinta-feira ainda conseguiu fazer bons tempos por volta."

Hayden ficou também muito contente com os avanços conseguidos enquanto se prepara para a segunda participação do ano no Campeonato do Mundo, isto depois da primeira ter sido como piloto de substituição de Randy de Puniet no MotoGP em Laguna Seca.

Ele afirmou: “É muito bom conseguir obter dados da moto enquanto se roda numa verdadeira pista porque dá uma boa base de trabalho à equipa. Ter alguém como o Kevin Schwantz a dirigir as coisas é muito bom, ele sabe exactamente o que estou a fazer enquanto piloto e é muito bom trabalhar com ele. Ser criticado por um Campeão do Mundo como o Kevin faz com que tenha conselhos muito positivos de pilotagem. Penso que a sua experiência vai fazer de mim um piloto melhor, não apenas neste projecto em particular, mas em toda a minha carreira."

A equipa vai voltar a testar em Indianápolis uma semana antes da corrida, quando levar a cabo um programa de dois dias de trabalho para concluir os seus preparativos.

Tags:
Moto2, 2010, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX, Kevin Schwantz

Outras actualizações que o podem interessar ›