Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Regresso promissor para Aoyama

Regresso promissor para Aoyama

O piloto da Interwetten Honda MotoGP regressou aos comandos de uma moto pela primeira vez no teste oficial de MotoGP em Brno e disse que se sentiu melhor que o esperado.

Oito semanas e um dia depois da queda no warm up de Silverstone, que resultou numa vértebra fracturada, Hiroshi Aoyama voltou aos comandos de uma moto pela primeira vez ao alinhar no teste oficial de MotoGP na segunda-feira em Brno.

Foi um regresso bem-vindo às duas rodas para o nipónico que aproveitou o ensaio para avaliar a sua condição física e como se sentia em duas rodas. Apesar da chuva ter reduzido o tempo de trabalho ao início da tarde, Aoyama conseguiu completar 46 voltas com a sua RC212V e mostrou-se muito contente com a jornada.

“Não me senti nada mal na moto,” disse o piloto de 28 anos. “Há dois meses que não rodava e estava preocupado porque não sabia se seria capaz de andar na moto, mas fiz 44 voltas de manhã e senti poucas dores. Consegui rodar melhor que esperava, pelo que estou contente com isso.”

Ainda sem estar totalmente recuperado, a perspectiva de regresso na próxima ronda em Indianápolis é algo que ainda será decidido pela Interwetten Honda.

“As minhas costas ainda não estão a 100% e não quero decidir agora se volto em Indianápolis, ou não. Quero ver como senti amanhã e durante o resto da semana. O teste foi positivo para mim e estou optimista quanto a toda a minha situação. Quero voltar o mais depressa possível.”

Tags:
MotoGP, 2010, CARDION AB GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, Hiroshi Aoyama, Interwetten Honda MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›