Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Yamaha confirma Spies como piloto de fábrica para 2011

Yamaha confirma Spies como piloto de fábrica para 2011

O estreante americano de MotoGP vai deixar a Monster Yamaha Tech 3 para alinhar na formação de fábrica na próxima época.

A sólida temporada de estreia de Ben Spies no MotoGP foi premiada com a confirmação da entrada do norte-americano para a formação de fábrica da Yamaha em 2011. Tendo já testado uma versão inicial do protótipo da M1 do próximo ano em Brno, o Director Geral da Yamaha Motor Racing, Lin Jarvis, confirmou que estavam a decorrer negociações para trazer o piloto de 26 anos da formação de Hervé Poncharal para a oficial.

A forma de Spies na sua época de estreia na categoria rainha viu o piloto de 26 anos assinar o primeiro pódio em Silverstone e tem impressionado com sólidos resultados ao longo das dez jornadas já disputadas, ocupando o sétimo posto da geral – o melhor entre os estreantes deste ano e, ao mesmo tempo, entre os privados.

"Estamos muito contentes por o Ben se juntar à equipa de fábrica na próxima época,” disse Jarvis. “O Ben mostrou grande potencial nas suas primeiras dez corridas de MotoGP. Aprendeu rapidamente e assinou resultados fortes, incluindo o muito merecido pódio em Silverstone – impressionante para alguém que está na primeira temporada completa.”

"Acreditamos que o Bem será um futuro candidato ao título e que será uma boa adição à nossa equipa. A missão dele no próximo ano será continuar a aprender, lutar pelo pódio de forma consistente e tentar ganhar algumas corridas. Gostava de aproveitar estar oportunidade para agradecer ao Hervé Poncharal e à Tech 3 por terem tomado conta do Ben este ano e por lhe terem dado um treino tão bom para os anos que tem pela frente. Espero que lhes retribua com mais alguns pódios na segunda metade desta temporada e que os ajude a garantir o primeiro posto entre as equipas privadas este ano."

Spies estava compreensivelmente muito contente com a oportunidade e sublinhou as metas para o futuro.

Ele disse: “O meu primeiro ano no MotoGP tem sido uma grande curva de aprendizagem e tenho de agradecer por isso ao Hervé Poncharal, a toda a equipa Tech 3 e, em especial, aos mecânicos americanos que estiveram comigo ao longo de toda esta fantástica caminhada. Conhecendo apenas quatro pistas das dez em que já corremos, tenho de estar contente com a posição em que estou e com o facto de ter assinado o meu primeiro pódio tão cedo. Estou particularmente contente por a Yamaha ter reconhecido o meu potencial e por me ter dado a oportunidade de passar para a equipa oficial tão cedo na minha carreira de Grandes Prémios.”

“Acredito que trabalhando em grande proximidade com o pessoal da Yamaha e com os meus mecânicos vamos conseguir ajudar a desenvolver a M1 e dar o próximo passo para estarmos com mais regularidade no pódio, seguindo-se os Campeonatos no futuro."

Tags:
MotoGP, 2010, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX, Ben Spies, Fiat Yamaha Team, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›