Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Simón garante pole dramática

Simón garante pole dramática

O piloto da Mapfre Aspar terminou com o melhor tempo da qualificação de Moto2 do Red Bull Indianapolis Grand Prix, batendo a dupla da Marc VDS Racing Team Héctor Faubel e Scott Redding.

Julián Simón assinou a primeira pole de Moto2 em Indianápolis neste sábado com ataque tardio, assinado como melhor tempo a marca de 1m46,139s na sua última volta para partir da primeira posição da grelha para a corrida de amanhã.

Scott Redding parecia estar no caminho para converter o domínio apresentado nos livres na sua primeira pole no Campeonato do Mundo, mas o seu companheiro de equipa na Marc VDS Héctor Faubel levou a melhor com uma fantástica volta canhão para se colocar no topo. Contudo, Simón acabou por garantir a pole com uma margem de 0,148s sobre Faubel e com Redding apenas a mais 0,047s de distância do colega espanhol. Simone Corsi (JiR Moto2) ficou com o quarto posto.

Mas a luta pela segunda linha também foi renhida com Anthony West (MZ Racing) a garantir o quinto posto, apenas com três milésimos de segundo de margem sobre o líder do Campeonato Toni Elías (Gresini Racing), que sofreu queda na Curva 6 a dez minutos do final e regressou logo à moto. Ratthapark Wilairot (Thai Honda PTT Singha-SAG) e Sergio Gadea (Tenerife 40 Pons) foram sétimo e oitavo, respectivamente.

Registaram-se quedas por parte de Andrea Iannone (Fimmco Speed Up) – 26º – e Fonsi Nieto (G22 Holiday Gym) – 12tº – ambos a irem ao centro médico, enquanto Raffaele de Rosa (Tech 3 Racing) não teve a mesma sorte aquando da sua queda, terminando em décimo.

Yusuke Teshima (JiR Moto2), que sofreu grande queda na sessão matinal, voltou à pista com contusão no pé esquerdo para se qualificar em 37º.

Tags:
Moto2, 2010, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX, QP

Outras actualizações que o podem interessar ›