Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner aumenta ritmo em FP2

Stoner aumenta ritmo em FP2

O piloto da Ducati Team recuperou de queda ao longo da sessão para, tal como ontem, registar o melhor tempo e bater, desta feita, a dupla da Repsol Honda Dani Pedrosa e Andrea Dovizioso ao longo de uma hora cheia de acção.

O magnífico sol e uma temperatura ambiente de 25ºC (34ºC na pista) deu as boas-vindas aos pilotos de MotoGP em Indianápolis nesta manhã de sábado para a segunda sessão de treinos livres e Casey Stoner foi quem tirou melhor partido das soberbas condições climatéricas para assinar o melhor tempo do fim-de-semana até ao momento.

Com um registo de 1m40,331s na sua última volta, o piloto da Ducati Team ficou no topo da tabela de tempos – tal como na sexta-feira – após complicada primeira parte da sessão. Primeiro Stoner perdeu um protector de joelho, o que fez regressar ao Pit Lane, e depois sofreu uma queda na Curva 6 ao cabo de meia hora. Contudo, a sua determinação revelou-se positiva com o australiano a terminar a hora de trabalho com pouco mais de meio segundo retirado ao seu anterior melhor registo de FP1.

Apenas a 0,058s ficou o piloto da Repsol Honda Dani Pedrosa, que melhorou a sua marca de sexta-feira também por pouco mais de meio segundo, enquanto o seu companheiro de equipa Andrea Dovizioso ficou muito perto, em terceiro, e com afinação muito semelhante. O líder do Campeonato Jorge Lorenzo (Fiat Yamaha) foi quarto a pouco mais de três décimos de Stoner.

Nicky Hayden (Ducati Team) voltou a ser o melhor representante da casa, com o quinto crono (1m40,878s), o último abaixo do segundo 41. Ben Spies (Monster Yamaha Tech 3) preparou-se para a qualificação da tarde com o sexto crono, com Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini Team) e Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) a fecharem a lista dos oito primeiros.

Valentino Rossi (Fiat Yamaha) foi nono e sofreu uma queda sem consequências a 20 minutos do final, na Curva 10. O italiano evitou lesão e voltou rapidamente à pista, mas não consegui melhorar o registo que tinha assinado na quinta das 29 voltas que efectuou, ficando a 0,901s de Stoner. Aleix Espargaró (Pramac Racing) completou o Top 10, com o estreante Héctor Barberá (Páginas Amarillas Aspar) a ficar em 11º e a evitar lesões na queda que sofreu ao cair do pano.

Randy de Puniet (LCR Honda) e Hiroshi Aoyama (Interwetten Honda MotoGP) deram continuidade às suas recuperações, terminando com os 14º e 17º tempos, respectivamente.

Tags:
MotoGP, 2010, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›