Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo feliz com pontos conquistados, mas não com a corrida

Lorenzo feliz com pontos conquistados, mas não com a corrida

O líder do Campeonato terminou na terceira posição em Indianápolis - a primeira vez na temporada em que não ficou em nenhum dos dois lugares da frente - e apesar de ter ficado satisfeito com os pontos valiosos que conquistou, foi muito critico em relação à forma como correu.

É um sinal do domínio de Jorge Lorenzo o facto de só na ronda 11 ter ficado de fora dos dois primeiros lugares, terminando no mais baixo do pódio no Red Bull Indianapolis Grand Prix, no domingo.

O piloto da Fiat Yamaha partiu da segunda posição da grelha, mas acabou por cair para o quinto posto, acabando por conseguir ultrapassar dois pilotos para terminar em terceiro. Um pódio que foi mais um resultado sólido para o piloto de 23 anos que tem feito uma temporada impressionante, mas que não ficou satisfeito com a forma como correu durante as 28 voltas..

"Claro que não devo ficar desiludido com o terceiro lugar, mas ao mesmo tempo não estou contente com a forma como corri hoje, não corri tão bem como podia e não fiz uma boa partida”, disse Lorenzo, que ainda tem uma vantagem de 68 pontos na liderança do Campeonato.

“As condições eram muito duras e simplesmente não tive a capacidade física para lutar ou fazer o mesmo o mesmo que tinha feito nos treinos, foi como na corrida na Malásia! A pista estava muito escorregadia e era muito difícil usar os pneus como eu queria, penso honestamente que hoje tive muita sorte em ter terminado em terceiro. O que é positivo é que conseguimos mais alguns pontos e agora tenho de me concentrar em recuperar antes de Misano, porque não temos muito tempo".

O Director de Equipa do espanhol, Wilco Zeelenberg, estava satisfeito com o resultado, que surge no seguimento da excelente prestação de Lorenzo em 2010.

"As condições eram terríveis para os pilotos e, tendo isso em conta, temos de estar muito contentes com o terceiro lugar. Estava tanto calor e era tão fácil fazer um erro, por isso disse ao Jorge antes da corrida para tentar apenas regressar a casa em duas rodas!”, disse o holandês.

“Infelizmente, ele teve uma má partida, o que não ajudou, porque aí ficou com a dura tarefa de passar o Dovizioso, mas tendo em conta as condições e o Campeonato, estamos tão contentes com este resultado como quando conseguimos uma das nossas sete vitórias".

Tags:
MotoGP, 2010, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX, Jorge Lorenzo, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›