Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Moto2 viaja até Misano

Moto2 viaja até Misano

Toni Elías está em bom momento de forma e o líder do Campeonato ruma agora para uma pista que lhe é muito familiar para alinhar na estreia da Moto2 no Gran Premio Aperol di San Marino e della Riviera di Rimini.

Toni Elías lidera a classificação com tranquila margem sobre os demais numa altura em que faltam disputar sete provas, uma delas o Gran Premio Aperol di San Marino e della Riviera di Rimini deste fim-de-semana. O piloto da Gresini Racing conta com 67 pontos de margem no topo da classificação, que reforçou com a quinta vitória do ano em Indianápolis.

O resultado nos Estados Unidos foi o terceiro triunfo competitivo do Espanhol, o primeiro da sua carreira de GPs, e conta com impressionante recorde em Misano. Em 2008 terminou no pódio na categoria rainha e foi sexto no ano passado.

O seu mais próximo rival na corrida ao título continua a ser Andrea Iannone e o piloto da Fimmco Speed Up mostrou-se muito batalhador na pretérita jornada. Uma queda na qualificação em Indianápolis resultou numa lesão no tornozelo e obrigou o italiano a partir de 25º da grelha, ainda assim terminou a corrida em quarto. O seu melhor resultado em Misano é o sexto posto de há dois anos, nas 125cc.

Empatados a 108 pontos em terceiro e quarto estão Thomas Lüthi (Interwetten Moriwaki) e Julián Simón (Mapfre Aspar). O suíço tem como melhor prestação em Misano a quarta posição nas 250cc, enquanto Simón venceu no ano passado a caminho do ceptro de 125cc e está muito motivado com o segundo posto conquistado em Indy depois de ter partido da pole.

Simone Corsi (JiR Moto2) é outro piloto que esteve em bom plano nos Estados Unidos depois de ter partido do final da grelha. O italiano foi quinto e esteve no pódio de Misano no passado, nas 125cc, pelo que espera somar mais pontos para o Campeonato aos comandos da sua Motobi.

Yuki Takahashi (Tech 3 Racing) e Gabor Talmacsi (Fimmco Speed Up) fazem parte de um grupo perseguidor que quer repetir bons resultados em Misano. O nipónico foi segundo na pista nas 250cc em 2008, enquanto Talmacsi venceu a corrida de 125cc.

A grelha de Moto2 vai contar ainda com mais dois italianos como wild card no fim-de-semana: Mattia Pasini vai correr pela Italtrans STR e Ferruccio Lamborghini pela Forward Racing team, ambos com chassis Suter.

Tags:
Moto2, 2010, GP.APEROL DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI

Outras actualizações que o podem interessar ›