Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Os números da corrida de Misano

Os números da corrida de Misano

É agora tempo de lhe dar o lado estatístico antes do Gran Premio Aperol di San Marino e della Riviera di Rimini, com os factos mais interessantes da jornada 12.

327 – Com o regresso de Hiroshi Aoyama aos Grandes Prémios em Indianápolis, a lista de pilotos está agora completa e entre eles já somam um total de 327 vitórias em Grandes Prémios. Este número é um novo recorde de triunfos em Grandes Prémios acumulados entre todos os pilotos que vão participar numa corrida. Até agora esse número era de 319, estabelecido já este ano em Le Mans.

27 anos – No dia da qualificação em Misano fará 27 anos desde que Freddie Spencer se tornou o mais novo Campeão do Mundo de 500cc de sempre, em 1983, depois de terminar atrás de Kenny Roberts na última corrida do ano, que foi o San Marino Grand Prix, realizado em Imola.

24 – Efrén Vázquez irá celebrar o seu 24º aniversário na quinta-feira anterior ao San Marino Grand Prix. O aniversário de Thomas Lüthi, que também fará 24 anos, comemora-se na segunda-feira a seguir ao Grande Prémio.

13 – Misano já recebeu 13 Grande Prémios, o primeiro dos quais realizou-se em 1980. Em dez das vezes que um Grande Prémio se realizou em Misano até 1983, as corridas fizeram-se na direcção oposta àquela em que se fizeram nos últimos três anos.

12 – Jorge Lorenzo terminou no pódio nas últimas 12 corridas do MotoGP, incluindo a última corrida de 2009, em Valência. Na história de 62 anos de Grandes Prémios de motociclismo apenas quatro pilotos terminaram no pódio por mais de 12 corridas consecutivas da Classe Rainha: Valentino Rossi, Giacomo Agostini, Mick Doohan e Wayne Rainey.

12 – Já se realizaram 12 Grandes Prémios em Misano. O primeiro Grande Prémio de San Marino realizou-se em Imola, em 1981. Três circuitos diferentes receberam o Grande Prémio de San Marino: Imola duas vezes (1981 e 1983), Mugello quatro vezes (1982, 84, 91 e 93) e Misano por seis ocasiões diferentes (1985, 86, 87, 2007, 2008 e 2009).

9 – Valentino Rossi venceu nove corridas de Grande Prémio em Itália – sete em Mugello e duas em Misano.

5 – A seguir ao Grande Prémio de Indianápolis, três pilotos ficaram separados por apenas cinco pontos na classificação do Campeonato das 125cc. Desde que o actual sistema de classificação foi introduzido, em 1993, esta é a margem mais curta que separa os pilotos que estão nos três primeiros pilotos da categoria de 125cc, ao fim de dez corridas.

3 – A vitória de Dani Pedrosa no Grande Prémio de Indianápolis foi o seu terceiro triunfo do ano. Desde que ele começou a competir no MotoGP, nas anteriores quatro temporadas, ele apenas tinha conseguido vencer duas corridas em cada época.

Tags:
MotoGP, 2010, GP APEROL DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI

Outras actualizações que o podem interessar ›