Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Mais homenagens a Tomizawa dos seus companheiros

Mais homenagens a Tomizawa dos seus companheiros

Notas de respeito para o piloto japonês de Moto2 dos seus companheiros no Campeonato do Mundo

O choque sentia-se por todo o lado no circuito de Misano, no domingo, com a trágica morte do piloto de Moto2 Shoya Tomizawa a provocar muitas reacções de tristeza, e agora com mais pilotos do Campeonato do Mundo a demonstrarem o seu pesar pela morte da estrela nipónica de 19 anos.

 

“Os meus pensamentos estão com o Shoya Tomizawa. Fui informado depois da corrida e a notícia foi um choque,” disse Andrea Dovizioso. “Dois trágicos acidentes em duas corridas é terrível e é uma clara lembrança do quão perigoso é o nosso trabalho. A Comissão de Segurança melhorou muito os níveis de segurança, de tal forma que nos esquecemos com frequência deste aspecto. Sinto muito pela família do Tomisawa. Sendo pai há pouco tempo, compreendo perfeitamente que é a pior coisa que pode acontecer a uma família.”

 

Álvaro Bautista disse: “Quando terminámos a corrida ouvi a notícia do Tomizawa e tenho muita pena dele e da sua família. Foi um dia duro para todos os pilotos, estou certo que nunca nos vamos esquecer dele e espero apenas que ele agora esteja num sítio melhor.”

 

O compatriota espanhol Héctor Barberá comentou: “Depois de ficar a saber o que aconteceu ao Tomizawa fiquei sem palavras. Disseram-me assim que saí da moto e é muito difícil receber e aceitar uma notícia como esta. O resultado de hoje já não interessa nada. O Shoya era um grande piloto que sempre deu tudo na moto. Ele também era uma grande pessoa, sempre sorridente e com quem me dava bem. Quero enviar os meus sentimos à família dele e amigos.”

 

Outro piloto que lutou contra Shoya na classe de 250cc no ano passado foi Marco Simoncelli, que afirmou: “Não há muito a dizer – foi um dia duro e a corrida foi insignificante. Duas tragédias numa semana é demais. No domingo passado foi um miúdo de 13 anos e hoje o Tomizawa, que tinha apenas 19 anos. Quando algo como isto acontece é terrível e tenho muita pena.”

Tags:
MotoGP, 2010, GP APEROL DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI

Outras actualizações que o podem interessar ›