Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi e Burgess: A era Yamaha

Rossi e Burgess: A era Yamaha

Numa entrevista especial levada a cabo durante o fim-de-semana de Indy, o Campeão do Mundo e o seu chefe de equipa falam da sua muito bem sucedida ligação na marca nipónica, aquela que vai chegar ao final com o cair da cortina sobre esta temporada.

A partida de Valentino Rossi para a Ducati em 2011 coloca ponto final no muito bem sucedido período de sete anos com a Yamaha e nesta reportagem de vídeo do motogp.com o italiano e o seu chefe de equipa Jeremy Burgess discutem o seu reinado na marca japonesa.

A dupla entre em grandes detalhes sobre o seu tempo na Yamaha, desde a decisão inicial de saírem da Honda, da primeira corrida, dos altos e baixos que se seguiram, dos quatro títulos Mundiais, das derrotas, tudo até à presente época em que Rossi teve de lidar com a lesão contraída em Mugello.

Começando pelo início e falando da decisão de passar para a Yamaha, Rossi disse: “Penso que foi uma das ideias mais brilhantes da minha vida. Em quatro anos com o Jeremy ganhámos três Campeonatos, mas estávamos à procura de novo desafio. Na altura a Yamaha tinha muitos problemas com a M1, não parecia suficientemente competitiva para ganhar corridas. Por isso, depois de pensar muito decidi tentar este novo desafio.”

“Estavam todos extra motivados para tentar ganhar a primeira corrida e depois de uma grande batalha surgiu o primeiro triunfo, pelo que penso que foi a melhor corrida da minha carreira,” acrescenta sobre a estreia vitoriosa com a M1 em Welkom.

A partir daí a dupla discute o tempo que passou na Yamaha até ao presente e pode ver tudo nesta entrevista de vídeo do motogp.com.

Tags:
MotoGP, 2010, Valentino Rossi, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›