Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dia produtivo deixa Pedrosa contente

Dia produtivo deixa Pedrosa contente

O piloto da Repsol Honda foi o mais rápido na sexta-feira graças ao tempo da primeira sessão de treinos, tendo corrido tanto na pista seca, como debaixo de chuva.

A aposta de Dani Pedrosa para o seu primeiro ‘hat-trick’ com três vitórias consecutivas começou na sexta-feira de manhã, quando o tempo estava ainda agradável. Assinando a volta mais rápida com 1m50,506s na sessão seca da manhã, o tempo de Pedrosa não voltou a ser batido o resto do dia, com a sessão da tarde a ser afectada pela chuva.

“No geral, foi um bom primeiro dia de treinos para nós num circuito novo no calendário do MotoGP”, disse o piloto de 24 anos ainda na pista que faz pela primeira vez parte no calendário de 2010. “Esta manhã começámos bem e entrámos cedo no ritmo, o que era importante porque faz diferença passar de uma hora de sessão, que era o que estávamos habituados, para 45 minutos. É preciso ficar na pista por períodos mais longos e não passar muito tempo nas boxes e esta manhã fizemos um trabalho muito bom de maximização de tempo“.

À tarde, o tempo de Pedrosa em pista foi mais curto, não só por causa da chuva, mas também devido a um problema mecânico. O piloto não ficou, contudo, preocupado com isso.

“Esta tarde com chuva também começámos muito bem, quando estava a chover bem, mas depois tivemos um pequeno problema eléctrico com uma das motos e a outra não estava pronta para sair, por isso perdemos algum tempo nas boxes e não estava na pista nos momentos finais”, explicou.

“A pista é muito técnica, tem algumas curvas difíceis e temos de encontrar uma boa trajectória e uma boa afinação na caixa de velocidades para conseguir fazer bons tempos. A aderência da pista parece ser boa e os pneus da Bridgestone também estão a fazer um bom trabalho até agora. Espero amanhã conseguir que as coisas corram da mesma forma positiva”.

Depois do anúncio de quinta-feira de que Pedrosa assinou um novo contrato de dois anos com a HRC para as temporadas de 2011 e 2012 , o piloto está agora à procura de mais resultados.

“Estou muito contente por continuar com a Honda por mais dois anos. Tem sido uma relação longa e também de sucesso e espero que consigamos ter ainda mais sucesso nos próximos dois anos”, concluiu.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAN PREMIO A-STYLE DE ARAGON, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›