Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Iannone assombra com vitória em Aragón

Iannone assombra com vitória em Aragón

Foi uma vitória fácil, a terceira da temporada, para o italiano na corrida de Moto2 do Gran Premio A-Style de Aragón no domingo, com Julián Simón e Gabor Talmacsi a completarem o pódio e com Toni Elías no quarto posto.

Andrea Iannone arrecadou a sua terceira vitória de 2010 no Campeonato do Mundo de Moto2 em Aragón, no domingo, em mais um triunfo claro a partir da pole, com uma vantagem de 6,203s para o segundo classificado, Julián Simón. O companheiro de equipa de Iannone na Fimmco Speed Up, Gabor Talmacsi, completou o pódio, com o líder do Campeonato, Toni Elías, a ficar pela quarta posição.

O quarteto conseguiu evitar um acidente na curva 1, que envolveu Alex Baldolini (Caretta Technology Race Dept), Mattia Pasini (Vector Kiefer Racing), Fonsi Nieto (G22 Holiday Gym), Ricky Cardús (Maquinza-SAG Team) e Yonny Hernández (Blusens-STX) – com todos a escaparem ilesos – e foi Iannone que liderou desde o início, conseguindo de imediato garantir vantagem na frente da corrida.

Alex de Angelis (JiR Moto2) também estava a rodar entre os homens da frente, quando caiu, depois de ter partido da primeira linha da grelha, deixando para Simón, Simone Corsi (JiR Moto2) e Talmacsi a batalha pelos dois lugares mais baixos do pódio.

Jules Cluzel (Forward Racing) e Scott Redding (Marc VDS Racing) faziam parte de outro grupo que seguia mais atrás, ao qual se juntou mais tarde Dominique Aegerter (Technomag-CIP). A meio da corrida, o líder do Campeonato, Toni Elías (Gresini Racing), que tinha partido da 12ª posição da grelha, tinha já conseguido chegar ao quinto posto.

Enquanto isso, na frente, Iannone corria sozinho com uma vantagem que chegou a ser de oito segundos em alguns momentos da corrida. O italiano acabaria por conseguir repetir a vitória a partir da pole, à semelhança do que aconteceu em Mugello e em Assem, com Simón a conseguir segurar as investidas de Talmacsi. Esta foi a segunda vez consecutiva que o piloto da Mapfre Aspar conseguiu ficar com o intermédio do pódio, com Talmacsi a arrecadar um merecido primeiro pódio da época..

Elías conseguiu recuperar de forma impressionante da terceira linha da grelha até à quarta posição e por pouco não conseguiu apanhar os últimos do pódio, com Corsi, Cluzel, Aegerter, Redding e Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) a cruzar a linha de meta atrás de si. Outra impressionante corrida foi protagonizada por Thomas Lüthi (Interwetten Moriwaki) que acabou por terminar em 10º, depois de partir da 20ª posição, e conseguiu ainda marcar alguns pontos.

Elías continua no topo da classificação geral, agora com 224 pontos, mais 76 do que Simón, que mantém a segunda posição. Iannone passou para terceiro, com Lüthi em quarto e Corsi em quinto.

Tags:
Moto2, 2010, GRAN PREMIO A-STYLE DE ARAGON, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›