Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo de olhos no regresso ao pódio em Motegi

Lorenzo de olhos no regresso ao pódio em Motegi

O líder do Campeonato está muito determinado antes do Grande Prémio do Japão e sublinhou os seus objectivos na conferência de imprensa de pré-evento nesta quinta-feira, a mesma onde marcaram presença Álvaro Bautista, Casey Stoner, Marco Simoncelli e Hiroshi Aoyama.

O líder do Campeonato vai para Motegi este fim-de-semana para o Grande Prémio do Japão determinado a regressar ao pódio, isto depois de ter sido quarto em Aragón, um resultado que colocou ponto final na sequência de pódios consecutivos que teve início no arranque da temporada no Qatar.

Lorenzo ainda conta com 56 pontos de vantagem sobre Dani Pedrosa no topo da classificação antes da corrida deste fim-de-semana, a mesma que foi adiada em Abril passado devido ao vulcão da Islândia. O piloto da Fiat Yamaha somou uma das suas quatro vitórias do ano passado em Motegi e está apostado em dar-se bem na corrida caseira da Yamaha enquanto defende a liderança.

"Não me sinto confortável, mas a minha posição no Campeonato é boa,” declarou Lorenzo durante a conferência de imprensa de pré-evento de quinta-feira em Motegi. “Não estamos na melhor forma em termos técnicos; temos alguma desvantagem em termos de potência, mas a mais recente evolução do motor deve melhorar as coisas. Estou a pensar no Campeonato, pelo que tenho de continuar a rodar rápido, mas também tenho de ser prudente, calcular tudo e não cometer loucuras. Este fim-de-semana espero ser capaz de lutar pelo pódio e talvez mesmo pela vitória."

A primeira vitória de Casey Stoner em Aragón foi o culminar de um fim-de-semana de domínio do australiano aos comandos da Ducati e enquanto Motegi é um circuito muito diferente de Aragón, o piloto da Ducati espera que os melhoramentos em termos de estabilidade da sua Desmosedici GP10 em Espanha também possam dar frutos neste fim-de-semana no Japão.

"As mudanças que fizemos na moto em Aragón funcionaram, mas teremos de esperar para ver se se passar o mesmo em Motegi também,” disse Stoner. “Vamos ver se conseguimos continuar com o mesmo nível de forma, mas se não conseguirmos teremos de continuar a lutar como temos feito toda a época. Sempre fomos muito rápidos no passado, mas as coisas não têm corrido bem em prova."

Marco Simoncelli teve resultados sólidos até ao momento na temporada de estreia no MotoGP, mas o antigo Campeão do Mundo de 250cc também teve a sua dose de quedas aos comandos da San Carlo Gresini Honda. O italiano está actualmente em décimo no Campeonato, empatado com Marco Melandri, mas espera passar o companheiro de equipa neste fim-de-semana numa pista onde venceu a corrida de 250cc de 2008.

"Esta época não começou de forma fácil para mim, mas tenho melhorado em todas as corrias,” explicou. “Depois de Laguna tivemos alguns problemas com a nova electrónica da moto, mas em Aragón encontrámos uma solução, pelo que estou muito contente de estar aqui e acredito numa boa corrida em Motegi."

Álvaro Bautista conta com forte recorde nas 250cc em Motegi, com um segundo posto em 2008 e vitória no ano passado, mas apesar do seu sucesso o traçado nipónico não é um dos preferidos do piloto da Suzuki.

"A época começou bem, com bom programa de testes de Inverno e duas boas corridas, mas depois lesionei-me e não consegui melhorar na moto. Agora, com o novo quadro, melhorámos e estou a gostar da moto. A Suzuki, a equipa e eu estamos a trabalhar arduamente e estamos claramente mais perto a cada corrida. Em Aragón conseguimos o oitavo posto pela terceira vez consecutiva, mas penso que é possível lutar pelo sexto ou sétimo em Motegi."

Hiroshi Aoyama está a ter dura época de estreia no MotoGP, falhando seis corridas depois de uma fractura nas costas no warm up para o Grande Prémio de Inglaterra. O GP do Japão é a quarta prova do nipónico desde o regresso e quer brilhar perante o seu público.

“Tenho boas memórias de Motegi depois de ter conquistado o meu primeiro pódio e a minha primeira vitória,” declarou Aoyama. “Correr em casa é muito motivador, como muito stressante, mas a pressão tem sido boa para mim no passado e espero que seja o mesmo este fim-de-semana."

"O meu objectivo em Motegi é terminar nos dez primeiros, mas também correr pelo Shoya Tomizawa, que sei que estaria desejoso pelo Grande Prémio em casa deste fim-de-semana."

O MotoGP vai para a pista para a primeira sessão de treinos livres pelas 12h40 locais de sexta-feira.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAND PRIX OF JAPAN

Outras actualizações que o podem interessar ›