Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Márquez triunfa no Japão desde a pole

Márquez triunfa no Japão desde a pole

O piloto da Red Bull Ajo Motorsport vingou-se da desistência em Aragón ao assinar a sétima vitória da campanha de 2010 no Grande Prémio do Japão de 125cc, batendo o líder do Campeonato Nico Terol e Bradley Smith.

Marc Márquez venceu o Grande Prémio do Japão, em Motegi, neste domingo reduzindo a diferença para o líder Nico Terol – que terminou em segundo – para seis pontos. Foi a sétima vitória do piloto da Red Bull Ajo Motorsport nesta época e que teve origem na nona pole do ano.

O tráfego no início da corrida acabou por levar Jonas Folger (Team Ongetta) e Efrén Vázquez (Tuenti Racing) a caírem devido a um toque à sua frente. O jovem germânico escapou com algumas nódoas negras no braço esquerdo e Vázquez também logrou sair ileso, mas foi depois transferido para o hospital por precaução. A corrida de Sturla Fagerhaug (AirAsia - Sepang International Circuit Team) também terminou mais cedo devido a queda na volta seguinte.

Quem evitou o caos na frente da corrida foram Terol, Márquez, Bradley Smith, Pol Espargaró e Sandro Cortese, que foram o grupo dos cinco primeiros, mas que acabou depois por se dispersar ao longo da corrida.

Infelizmente Cortese (Avant Mitsubishi Ajo) foi outro dos pilotos a cair, na Curva 11, na oitava volta quanto tentava manter o ritmo do grupo, mas conseguiu regressar à prova. Contudo, por essa altura já tinha perdido o quinto posto, acabando depois a corrida em 12º.

Com 14 das 20 voltas completadas, Márquez tinha já aumentado a vantagem sobre Terol para dois segundos, com Smith (Bancaja Aspar) a rodar relativamente só em terceiro. O jovem britânico Danny Kent, a rodar pela Lambretta Reparto Corse Team, estava a impressionar com o 14º posto, mas sofreu depois uma desapontante queda. Um azar que tocou também o piloto da casa Tomoyoshi Koyama (Racing Team Germany), que estava em quinto quando foi ao chão a duas voltas do final. Ainda assim, o nipónico conseguiu voltar à acção para terminar em 22º.

Contudo, na frente não houve contratempos, com Márquez a cruzar a meta com uma vantagem de 2,612s para reduzir a diferença para o líder do Campeonato Terol, que terminou em segundo, com o seu companheiro de equipa Smith a reclamar o quarto pódio da época em terceiro. Espargaró (Tuenti Racing) foi quarto, mantendo assim o contacto com Márquez no Campeonato, estando neste momento a sete pontos de distância.

Alberto Moncayo (Andalucia Cajasol) assinou positivo quinto lugar, o seu melhor até ao momento, com Esteve Rabat (Blusens-STX), Danny Webb (Andalucia Cajasol), Luis Salom (Stipa-Molenaar Racing), Adrián Martín (Team Aeroport de Castelló) e Johann Zarco (WTR San Marino Team) a completarem o Top 10.

Tags:
125cc, 2010, GRAND PRIX OF JAPAN, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›