Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo insatisfeito com tácticas de Rossi

Lorenzo insatisfeito com tácticas de Rossi

Depois da intensa disputa pelo terceiro lugar no Grande Prémio do Japão, o líder do Campeonato não ficou satisfeito pela forma como o seu companheiro na equipa da Yamaha conseguiu garantir o mais baixo do pódio.

A quarta posição em Motegi não beliscou as expectativas de Jorge Lorenzo para o Campeonato do Mundo de MotoGP de 2010, mas o espanhol ficou extremamente insatisfeito pela forma como falhou o pódio para o seu companheiro de equipa e actual Campeão do Mundo, Valentino Rossi.

A luta no Japão começou logo na primeira curva depois da partida, com os dois piloto a nunca perderem o contacto um com o outro durante toda a corrida e a só darem por terminada a luta pelo terceiro posto no final das 24 voltas da tirada, com manobras impressionantes e alguns toques entre os dois numa luta tensa que impressionou todos os que assistiram. Rossi conseguiu levar a melhor sobre o seu companheiro de equipa, com Lorenzo a mostrar-se muito desapontado por ter ficado de fora do pódio pela segunda vez na temporada e com algum “sabor amargo na boca”.

"O espectáculo foi fantástico para quem estava a assistir, mas quando se é um piloto de MotoGP e se está em cima de uma moto a andar a 300 km/h em recta e a 180-200 km/h nas curvas e se sente outro piloto a tocar-nos não é uma sensação muito boa ou uma emoção, porque sabemos que estamos a colocar a nossa vida em risco”, disse Lorenzo na entrevista em vídeo em anexo. “As três ou quatro ultrapassagens que eu fiz ao Valentino senti que foram correctas e leais. As ultrapassagens que ele fez foram legais, mas no limite, do meu ponto de vista. Já vimos como ele gosta de lutar, aconteceu como o Gibernau, depois com o Stoner e agora comigo. Talvez no futuro os seus adversários fiquem um pouco zangados e passem a fazer o mesmo que ele costuma fazer!"

Lorenzo acrescentou: "Somos companheiros de equipa, eu estou a lutar pelo Campeonato dos pilotos, mas estamos os dois a lutar pelo Campeonato das Equipas e Construtores e temos de nos lembrar disso. Estou desiludido por falhar o pódio, claro, porque eu queria um aqui na casa da Yamaha, mas isto são corridas."

A decisão de optar por um pneu médio dianteiro da Bridgestone, em oposição à escolha feita pelo seu adversário, que preferiu um pneu duro, foi um factor chave durante a corrida, tal como disse Lorenzo: “Depois da corrida foi obvio que a nossa escolha não foi a melhor, mas não podemos fazer nada agora. Cometemos um erro com o pneu da frente e não tinha muita confiança na dianteira da moto, por essa razão foi difícil ultrapassar o Valentino. Também optámos pelo motor antigo, pois com o novo íamos perder muito combustível e não acabaríamos a corrida."

Lorenzo continua a caminhada para o seu primeiro título na Classe Rainha e lidera a classificação com 69 pontos de vantagem para o lesionado Dani Pedrosa, quando os pilotos se prepararam para a ronda 15, em Sepang.

"Estou muito contente, porque estamos muito perto de concretizar um sonho. Foi bom conseguir os títulos Mundiais de 250cc, mas agora estamos a falar de algo muito maior. Talvez na Malásia possamos chegar lá e celebrar e, depois, em Espanha”, concluiu.

Pode assistir uma vez mais à fantástica luta entre Lorenzo e Rossi carregando aqui.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAND PRIX OF JAPAN, Jorge Lorenzo, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›