Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa sai do hospital depois de ter sido operado

Pedrosa sai do hospital depois de ter sido operado

O piloto da Repsol Honda deixou esta manhã a Clinica Dexeus em Barcelona (segunda-feira, 4 de Outubro) depois de ter sido operado com sucesso no sábado.

Dani Pedrosa teve alta do USP Dexeus em Barcelona esta manhã, às 10h00, dois dias depois de ter sido operado para introduzir uma placa de titânico na clavícula esquerda, que fracturou numa queda durante a primeira sessão de treinos do Grande Prémio do Japão, na passada sexta-feira.

O Director da Unidade de Cirurgia, Dr. Xavier Mir, ficou satisfeito com o início da recuperação de Pedrosa, o que permitiu que o piloto de 25 anos tivesse já alta. No domingo, Pedrosa fez testes ao ombro esquerdo e hoje irá começar a recuperação “activa-passiva”, que será supervisionada pelo seu fisioterapeuta. Na quarta-feira terá de regressar à clínica para ser visto pelo Dr. Mir, que irá avaliar os tratamentos a realizar para assegurar a recuperação após a cirurgia.

O Dr. Mir disse: “48 horas depois da operação, a fractura do Dani Pedrosa na clavícula esquerda, que nós corrigimos com uma placa de titânico, está a evoluir bem e ontem ele fez alguns movimentos passivos do ombro e cotovelo".

"Demos-lhe alta e hoje ele vai começar a reabilitação activa-passiva, com os seus fisioterapeutas de confiança. Vamos vê-lo novamente na quarta-feira para ver como a lesão está a evoluir”.

Pedrosa deu entrada na USP Dexeus em Barcelona às 10h00 de sábado, logo depois de ter chegado do Japão. À hora do almoço foi operado à fractura na clavícula esquerda, onde foi colocada uma placa de titânico com oito buracos feita especialmente para a clavícula, que fixou os segmentos intermédios com dois parafusos.

Tags:
MotoGP, 2010, GRAND PRIX OF JAPAN, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›