Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bautista luta pelo sétimo posto, Capirossi com azar no Japão

Bautista luta pelo sétimo posto, Capirossi com azar no Japão

Os pilotos da Rizla Suzuki MotoGP Álvaro Bautista e Loris Capirossi tiveram sortes muito diferentes no Grande Prémio do Japão, em Motegi, com o espanhol a terminar em sétimo e o italiano a ser forçado a desistir.

Bautista foi entalado na primeira curva e relegado para 12º no final da primeira volta depois de ter partido de nono. Depois tratou de recuperar posições e a meio da corrida já estava atrás de Marco Melandri para o passar e ocupar o oitavo posto. O piloto que se seguiu na mira de Bautista foi o companheiro de equipa Capirossi, que perseguiu rumo ao que parecia vir a ser uma emocionante batalha nos momentos finais da prova, mas o italiano abrandou muito e entrou na gravilha na 22ª volta. Com Bautista a beneficiar do azar do companheiro de equipa o espanhol passou a ter o Top 6 como alvo, mas apesar de ter terminado a corrida perto dos cinco primeiros não teve como anular a desvantagem para Marco Simoncelli nas últimas voltas.

Capirossi fez uma corrida impressionante e tinha boas possibilidades de terminar nos cinco primeiros, mas viu-se forçado a abandonar. Ele fez forte partida para rodar com forte ritmo em sétimo, lurando com Colin Edwards e Simoncelli pelo quinto lugar. Contudo, um problema eléctrico à entrada numa curva fez com que fosse para a gravilha. Capirossi já não conseguiu voltar a colocar a moto em funcionamento e teve de desistir.

Álvaro Bautista – 7º:

“Não foi bom, mas não também foi um mau resultado! Melhorámos a nossa posição face ás últimas corridas, mas tive um problema nas primeiras voltas com o pneu traseiro porque não estava a ganhar temperatura, o que tornou difícil acompanhar os outros. Depois de três voltas regressei ao meu ritmo e vi que podia manter uma distância regular para o grupo da frente, mas a diferença era muito grande e não os consegui apanhar. Estou contente com o resultado e toda a equipa trabalhou muito neste fim-de-semana, mas temos de melhorar face ao que aconteceu nas primeiras voltas porque nesta categoria essas voltas são muito importantes. Espero dar passos positivos na Malásia e vou tentar estar na posição que quero – que neste momento são os seis primeiros.”

Loris Capirossi – DNF:

“De forma geral o fim-de-semana foi positivo e estivemos sempre em boa posição – tirando o final do dia de hoje! Comecei bem e consegui bom ritmo atrás do Marco e do Colin; em algumas zonas da pista perdia-os, mas noutras ganhava muito terreno. Depois, a cinco ou seis voltas do final, a moto começou a perder velocidade. Não sei o que aconteceu, mas depois voltou tudo ao normal e em pouco tempo parou por completo. Lamento muito pela equipa, mas parece que esta época não temos a sorte do nosso lado – vamos tentar terminar a temporada da melhor forma possível.”

Comunicado de imprensa Rizla Suzuki

Tags:
MotoGP, 2010, GRAND PRIX OF JAPAN, Alvaro Bautista, Loris Capirossi, Rizla Suzuki MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›